Memorial Paranista

Endereço:
Rua Mateus Leme, 4.700 - São Lourenço

Contato:

Horário de funcionamento:
Terça-feira a domingo, das 10h às 18h

Apresentação

 Uma área de 6 mil m², dentro do Parque São Lourenço, revitalizada com elementos de paisagismo, da arquitetura paranista e fontes de água, reúne obras em proporções heroicas, reproduzidas em bronze, do artista paranaense João Turin.O Memorial Paranista alia cultura, turismo, meio ambiente e lazer.

O Memorial Paranista é constituído pelo Jardim das Esculturas e por três edificações interligadas por uma galeria com cobertura de vidro. De um lado estão os acessos para o Teatro Cleon Jacques e para as duas salas de exposições, e de outro, o novo Ateliê de Esculturas, o Liceu das Artes e a Loja #CuritibaSuaLinda, com produtos de artistas e artesãos curitibanos.

O Jardim das Esculturas, na parte externa, é composto de um jardim com elementos paranistas, fontes de água e 13 obras de proporções heroicas do acervo de João Turin: Índio Guairacá II, Marumbi, Índio Guairacá I, Onça Brincando com Filhote, Onças Brincando, Onça Espreita II, Fundação de Curitiba, Onça Espreita I, Onça Descansando, Onça e Tartaruga, Casa Indígena, Autorretrato e As Quatro Estações. Todas as peças são feitas de bronze; a maior delas é a “Marumbi”, com 3 metros de altura, quase 3 metros de largura, 1 metro de profundidade e aproximadamente 700 kg. Esta peça está estrategicamente instalada, a partir de uma perspectiva da galeria, em frente às fontes de água e ao portal representativo da arquitetura paranista.

Na área interna, os espaços foram organizados de forma a apresentar a arte escultórica e suas técnicas. Duas grandes portas de aço e vidro com elementos paranistas se abrem para uma galeria onde estão dispostos lado a lado 42 baixos-relevos com temas indígenas e retratos dos amigos de Turin – os artistas Theodoro de Bona, Alfredo Andersen, Zaco Paraná, o escritor Dario Vellozo, entre outros que também representam o movimento artístico do início do século 20.

A galeria dá acesso às salas de exposições onde estão dispostas as demais obras, entre esculturas, bustos e baixos-relevos em bronze.. Neste espaço foi concebida Capela Paranista, um memorial em homenagem às vítimas de covid-19, onde estão as obras Pietá e Caridade. Nas salas de exposição estão duas das mais importantes obras Turin, Homem Pinheiro e Pedagogia, entre outras esculturas que integram o acervo, painéis com textos sobre a trajetória de Turin, reprodução de desenhos, uma réplica em resina do busto de Turin, de autoria de Erbo Stenzel, e vídeos mostrando as diferentes fases do artista.

O Memorial Paranista possui um moderno Ateliê de Esculturas e a Fundição Turin, equipados com fornos para derretimento do bronze, moldes para cera, máquinas de solda plasma, cabine de jato e um pórtico móvel para carregamento de obras de grandes dimensões. Possui também o Liceu de Artes e o Teatro Cleon Jacques, com equipamentos de som e iluminação e função multiuso, podendo receber diversas performances de teatro, música e dança, lançamentos de livros, atos municipais, entre outras atividades e eventos.

O projeto do Memorial Paranista foi desenvolvido pelo IPPUC e executado pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Fundação Cultural de Curitiba.

Memorial Paranista - Site Oficial

 

 

Mapa

Agenda

Nenhum evento cadastrado no momento.

Cursos e Oficinas

Nenhum curso cadastrado no momento.

Quero Utilizar este Local

Devido à pandemia de Coronavírus, os agendamentos nos espaços da Fundação Cultural de Curitiba estão temporariamente suspensos.

A utilização de um espaço cultural público, de responsabilidade da Fundação Cultural de Curitiba, para eventos, sessões de fotos, filmagens, atividades artísticas ou para outras demandas, requer procedimentos que se iniciam a partir da solicitação de agendamento. Caso seja de seu interesse fazer uso de algum dos equipamentos, preencha todos os campos do formulário abaixo e aguarde o contato da Fundação Cultural de Curitiba.

Mas ATENÇÃO! Este formulário é apenas de solicitação e não vale como reserva. A partir das informações fornecidas, o pedido será avaliado pela comissão responsável e a liberação da utilização do espaço só será feita mediante assinatura de contrato.