Agenda de Dança

[Casa Hoffmann] LUXUOSAS FICÇÕES PARA O FRACASSO

faz parte da Mostra de Coletivos - C58

Coletivo: Selvática Ações Artísticas

Sete pessoas, cada uma fazendo milhões de coisas. Elas optaram por trabalhar num certo prazo, em certas condições. Elas estão inventando jeitos de trabalhar em diálogo. E basicamente é isso. Ninguém sabe no que vai dar, não vamos enganar vocês.
Isso aqui é mais ou menos o que elas tão pensando (pequenos trechos, na verdade, pra caber:


- Uma coisa muito familiar. Uma dança, uma situação, um jeito de fazer. Esse mesmo jeito de fazer que apenas se repete. Parece que está errado, parece não fazer mais sentido. (Jussara)
- Esta é uma obra aberta, sem fim nem começo. Uma obra patchwork. (Gabriel)
- Deus me defenderay (Gustavo)
- Existe um slogan mentiroso no céu de todas as cidades buscando traçar fronteiras, mas a cidade explode seus limites, sempre vaza alguma coisa de todo território porque nada pode conter o monstro do caos e suas infinitas vias de escape. (Ricardo)
- Esta peça foi criada para degradar-se em 450 anos sobre a Grande Porção de Lixo do Pacífico, onde o plástico engoliu o futuro. (Mari Paula)
- Trata do colapso dos correios pela falta de selo, um caos da livre circulação de objetos, remetentes enfurecidos, objetos que escolhem seu destinatário. Uma ficção autobiográfica de uma pequena marca. (Rubia)
- Não existe redenção, não existe futuro. O que pode existir são narrativas outras, que nos apresentem outros modos de existir. Cruzar com o outro e com o mundo gerando ficções. Talvez nem seja mais arte. (Princesa)

Ficha Técnica: Uma criação de Gabriel Machado, Gustavo Bitencourt, Jussara Belchior, Mari Paula, Princesa Ricardo Marinelli, Ricardo Nolasco e Rubia Romani
 

Em frente à Casa Hoffmann e imediações do Largo da Ordem

mais

[Casa Hoffmann] LUXUOSAS FICÇÕES PARA O FRACASSO

 Faz parte da Mostra de Coletivos - C58

Coletivo: Selvática Ações Artísticas

Sete pessoas, cada uma fazendo milhões de coisas. Elas optaram por trabalhar num certo prazo, em certas condições. Elas estão inventando jeitos de trabalhar em diálogo. E basicamente é isso. Ninguém sabe no que vai dar, não vamos enganar vocês.
Isso aqui é mais ou menos o que elas tão pensando (pequenos trechos, na verdade, pra caber):


- Uma coisa muito familiar. Uma dança, uma situação, um jeito de fazer. Esse mesmo jeito de fazer que apenas se repete. Parece que está errado, parece não fazer mais sentido. (Jussara)
- Esta é uma obra aberta, sem fim nem começo. Uma obra patchwork. (Gabriel)
- Deus me defenderay (Gustavo)
- Existe um slogan mentiroso no céu de todas as cidades buscando traçar fronteiras, mas a cidade explode seus limites, sempre vaza alguma coisa de todo território porque nada pode conter o monstro do caos e suas infinitas vias de escape. (Ricardo)
- Esta peça foi criada para degradar-se em 450 anos sobre a Grande Porção de Lixo do Pacífico, onde o plástico engoliu o futuro. (Mari Paula)
- Trata do colapso dos correios pela falta de selo, um caos da livre circulação de objetos, remetentes enfurecidos, objetos que escolhem seu destinatário. Uma ficção autobiográfica de uma pequena marca. (Rubia)
- Não existe redenção, não existe futuro. O que pode existir são narrativas outras, que nos apresentem outros modos de existir. Cruzar com o outro e com o mundo gerando ficções. Talvez nem seja mais arte. (Princesa)

Ficha Técnica: Uma criação de Gabriel Machado, Gustavo Bitencourt, Jussara Belchior, Mari Paula, Princesa Ricardo Marinelli, Ricardo Nolasco e Rubia Romani
 

 

mais

Cursos e Oficinas

[Boa Vista] HIP HOP

 

Data(s): Toda 6ª feira

Local: Av. Paraná, 3600, sala 45 - Boa Vista

Valor: R$55

Classificação: 8 anos

Professor: Nicolas Naiggaz

 Mais informações no fone (41) 3313-5688 ou (41) 3313-5685

[Boa Vista] DANÇA DE SALÃO

 

Data(s): Toda 4ª e 5ª feira

Local: Av. Paraná, 3600, sala 45 - Boa Vista

Valor: R$55

Classificação: 15 anos

Professor: João Napoleão

 Informações: (41) 3313-5688 ou (41) 3313-5685 

[Casa Hoffmann] AULAS CONTINUADAS

CO MOVER – ESTAR JUNTO, ESTAR NA DANÇA DO OUTRO, OUTROS ESTADOS DE DANÇA

Terças, Quintas e Sábados:
Ministrantes do projeto “Criadores Anônimos”: Emmanuel Fagundes, Ian Mickiewicz, Marila Velloso, Pedro Almeida, Rafael Wolff e Raphael Alpha.

Segundas, quartas e sextas: 
Ministrantes do projeto “Encruzilhada”: Jussara Belchior, Gustavo Bitencourt, Mari Paula, Ricardo Nolasco, Princesa Ricardo Marinelli, Rubia Romani e Gabriel Machado.
 

Público Alvo: artistas, dançarinos, estudantes de arte e interessados em geral no corpo e no movimento.
Vagas: 25
Inscrições: Interessados deverão retirar senha na portaria da Casa Hoffmann 30 minutos antes do início de cada aula.

PROXIMAS DATAS

25 (quarta) e 27 (sábado) de julho
não tem aula

INTENSIVO – AULAS CONTINUADAS com projeto ENCRUZILHADA

30 de julho (terça-feira)
Aula das 9h às 12h

1 de agosto (quinta-feira)
Aula das 9h às 12h

03 de agosto (sábado)
Aula das 9h às 12h

 

Data(s): 15/04/2019 a 03/08/2019 - 2ª, 3ª, 4ª, 5ª e 6ª feira, sábado e domingo

Local: Rua Claudino dos Santos, 58 - São Francisco

Classificação: 16 anos

[Casa Hoffmann] BARSHA (PR) – TRANSFORMING MOVEMENTS

 Ementa: Prática dos Movimentos, “Danças Sagradas” de Gurdjieff, que exigem para sua execução o desenvolvimento de uma “especial atenção” e assim possibilitam que o aluno ao executá-los trilhe o percurso de voltar o olhar para si mesmo através do contato com seus centros motor, intelectual e emocional.
George Ivanovich Gurdjieff notável compositor musical e autor foi um mestre espiritual de origem Armênia que trouxe para o Ocidente, na primeira metade do século XX, um vasto conhecimento de cunho filosófico, religioso e psicológico cujo principal propósito é o de auxiliar o ser humano no seu autoconhecimento.

 

 Barsha cursou belas artes na Escola de Música e Belas Artes do Paraná e iniciou o estudo dos Movimentos de Gurdjieff no Osho Multiversity Centering School (Pune/Índia) em 1993, posteriormente aprimorado na Europa e Estados Unidos com professores oriundos da Escola de Bennett (fundada por J. G. Bennett que foi discípulo direto do próprio Gurdjieff). Sua trajetória pessoal também foi marcada pelo encontro com Mestres Zen que lhe possibilitaram o aprofundamento na arte da meditação e da observação de si, qualidades presentes no seu modo ensinar. Desde então vem ministrando cursos, workshops e retiros para os mais variados públicos (buscadores, atores, bailarinos, etc.), tendo como instrumentos de base os Movimentos e Técnicas de Meditação.

Público alvo: qualquer pessoa com interesse pelos estudos do movimento
Vagas: 40

 

Data(s): 13/04/2019, 20/04/2019, 18/05/2019, 15/06/2019, 06/07/2019, 10/08/2019, 14/09/2019 e 05/10/2019

Local: Rua Claudino dos Santos, 58 - São Francisco

Valor: 40

Classificação: 16 anos

Professor: Barsha

[Cajuru] JAZZ (dança)

 

Data(s): 04/02/2019 a 15/12/2019 - 2ª e 4ª e 5ª feira

Local: Av. Prefeito Maurício Fruet, 2150 , esquina com a Rua Professor Nivaldo Braga - Cajuru

Valor: 55

Classificação: infantil e adulto

Professor: Jocilene de Lara