Agenda de Teatro e Circo

[TEATRO NOVELAS CURITIBANAS] Tom – 208 beijos e abraçosemfim

Marcos Damaceno Companhia de Teatro, traz aos palcos destacados nomes do teatro paranaense, Rosana Stavis, Ranieri Gonzalez e Zeca Cenovicz, e a participação de Alexandre Nero e Gilson Fukushima na composição musical do espetáculo.
A peça revisita temas e linguagens já experimentadas pela Companhia em espetáculo anteriores. Traz à cena um homem esfacelado, ansioso por natureza e angustiado desde sempre com o seu dia-a-dia e com o mundo que o cerca. Entre o desejo de construir uma história e as dificuldades em conseguir, TOM se autorrefugia em espaços mentais, onde é revelada uma consciência repleta de confusões incapacitantes e duvidas e inseguranças paralisantes, mas ainda assim capaz de apreender com grande sensibilidade a beleza que há no mundo.
O texto e direção são de Marcos Damaceno, conhecido por espetáculos que remetem mais à consciência, ou à inconsciência, da mente dos personagens do que ao mundo externo, ou real. Outras características do diretor, também presentes em TOM, são o cuidado minucioso com a musicalidade e ritmo das palavras, a contenção dos movimentos e o rigor formal dos elementos que compõem a encenação.
No elenco estão também Marrara Mara, Mariana Thomaz e Pedro Latro e os músicos Sergio Justen, Robson ZanLucas e Priscila Graciano
A iluminação é de Beto Bruel e os figurinos de Maureen Miranda. Foca Cruz assina o pôster art.
O espetáculo é uma realização da Marcos Damaceno Companhia de Teatro e do Ministério da Cultura, com patrocínio da Alltech, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Sinopse:
Entre o desejo de construir uma história e as dificuldades em conseguir, TOM se autorrefugia em espaços mentais, onde é revelada uma consciência repleta de confusões incapacitantes, mas ainda assim capaz de apreender com grande sensibilidade a beleza que há no mundo.

 

 

mais

[Teatro Novelas Curitibanas] GIACOMO JOYCE, POR LEMINSKI

Nos meses de abril e maio, Curitiba será palco para o espetáculo de teatro “Giacomo Joyce”, de autoria do renomado escritor irlandês James Joyce, na tradução de Paulo Leminski. A realização da montagem é da Cia. Fluctissonante e atende a crescente demanda de encenações que incentivam a leitura e levam a cena obras referenciais, facilitando o acesso ao universo literário, muitas vezes hermético e pouco difundido.

O texto, possivelmente autobiográfico, de difícil acesso, o que fez com que fossem poucas as tentativas de encenações, as quais quase sempre se apresentaram em fragmentos ou adaptações, explora o poético e o realizável, no sentindo em que, ao mesmo tempo, o personagem Giacomo Joyce se ufana da conquista da amada e também nos coloca a dúvida sobre o que é real e o que é a realização mental do seu desejo.

Nas palavras de Leminski, “é uma novela cinematográfica, ideogrâmica, como uma peça Nô, feita de flashes, um grande poema de amor, uma vertigem vista de soslaio”.

O espetáculo, além de encenar essa releitura da obra,leva ao público referências de uma estética contemporânea e realista com tradução em libras, que tanto contribuirá para difundir a acessibilidade, ampliando o alcance do conhecimento literário ao público surdo, possibilitando ainda, sensibilizar e estimular percepções do cotidiano da população curitibana.

Vale destacar também o belíssimo trabalho realizado por Paulo Leminski nessa tradução, levandoao conhecimento do público essa outra face do poeta paranaense, que o coloca entre os grandes tradutores brasileiros, muitas vezes desconhecida pelo grande público.

A companhia ainda com esse espetáculo faz uma singela homenagem a atriz Claudete Pereira Jorge, pela sua trajetória de sucesso, considerada um ícone do teatro paranaense, ao qual dedicou 40 anos da sua vida.

 

Ficha Técnica:
Direção: Octávio Camargo
Assistente de direção: Nautílio Portela
Direção de movimento: Kátia Drumond
Elenco: Helena de Jorge Portela e Jonatas Medeiros
Iluminação: Beto Bruel
Trilha Sonora e programação visual: Chico Paes
Tradução do texto em Libras: Jonatas Medeiros
Diretor de Produção: Jewan Antunes
Assessoria de Imprensa: Mariane Antunes
Realização: Cia Fluctissonante

mais

Cursos e Oficinas

Estilo Teatral de História em Quadrinho

Oficinas gratuitas.  30 vagas.

Parte do projeto “2 x Erico” do  Grupo Cerco de Porto Alegre. A História em Quadrinhos no teatro é uma linguagem muito próxima do cinema, restituindo pelo gesto a dinâmica contida no interior das imagens. Nesta oficina são explorados os gestos camuflados, as emoções, os estados profundos das personagens exprimindo numa outra lógica, sem representar os sentimentos do personagem, expressando-os coletivamente através de imagens. Este estilo teatral pode evocar todas as técnicas do cinema: os primeiros planos, os planos gerais, os planos distantes, as ilusões, os flash backs, zooms, simultaneidade de imagens, montagem. Nesta oficina prática são trabalhados esses princípios transpostos para a linguagem cênica através da técnica da improvisação de contos previamente escolhidos.
 

Data(s): 02/08/2016

Local: Rua Claudino dos Santos, 58 -

Valor: gratuito

Classificação: atores e estudantes de teatro

Professor: Inês Marocco

Jogo de Máscaras

Oficinas gratuitas. 30 vagas.

Parte do projeto “2 x Erico” do Grupo Cerco de Porto, na oficina são trabalhados alguns dos princípios do jogo teatral com máscara, como ponto fixo, focos de atenção, concentração, neutralidade dramática, economia e precisão de movimentos além do estado de calma e do prazer do jogo estimulados pela imaginação e fantasia. O jogo de máscara amplia e simplifica o jogo do ator ao mesmo tempo em que desenvolve e aprofunda o sentido dos seres e das coisas. Sob a máscara, os gestos aumentam ou diminuem, as expressões faciais que tem tanta importância no jogo psicológico são substituídas pela expressão do corpo na sua totalidade que adquire uma grande importância na cena.

 

Data(s): 01/08/2016

Local: Rua Claudino dos Santos, 58 -

Valor: gratuito

Classificação: atores e estudantes de teatro

Professor: Inês Marocco

Oficina Permanente de Teatro - Turma Jovens

Voltada para iniciantes e dividida em faixas etárias, a oficina tem duração de 2h semanais e aborda conteúdos específicos do fazer teatral como: improvisação, criação de cena e personagem, expressão vocal e corporal, montagem de espetáculo, entre outros.
Ao final do curso é realizada uma montagem teatral, para encerramento do ano.

Data(s): 04/02/2017 a 01/07/2017 - sábado

Local: Av. República Argentina, 3430 - Portão

Valor: 60

Classificação: 13 a 17 anos

Professor: Rodrigo Hayalla

Contato: (41) 99595-2181 e rodrigohayalla@gmail.com

Oficina Permanente de Teatro - Adultos

Voltada para iniciantes e dividida em faixas etárias, a oficina tem duração de 2h semanais e aborda conteúdos específicos do fazer teatral como: improvisação, criação de cena e personagem, expressão vocal e corporal, montagem de espetáculo, entre outros.
Ao final do curso é realizada uma montagem teatral, para encerramento do ano.

Data(s): 04/02/2017 a 01/07/2017 - sábado

Local: Av. República Argentina, 3430 - Portão

Valor: 60

Classificação: acima de 18 anos

Professor: Rodrigo Hayalla

Contato: (41) 99595-2181 e rodrigohayalla@gmail.com

Oficina Permanente de Teatro - Turma Infantil I

Voltada para iniciantes e dividida em faixas etárias, a oficina tem duração de 2h semanais e aborda conteúdos específicos do fazer teatral como: improvisação, criação de cena e personagem, expressão vocal e corporal, montagem de espetáculo, entre outros.
Ao final do curso é realizada uma montagem teatral, para encerramento do ano.

Data(s): 04/02/2017 a 01/07/2017 - sábado

Local: Av. República Argentina, 3430 - Portão

Valor: 60

Classificação: 4 a 7 anos

Professor: Rodrigo Hayalla.

Contato: (41) 99595-2181 e rodrigohayalla@gmail.com