Notícias

03.04.2020 Fundação Cultural de Curitiba lamenta a morte do artista plástico Nini Policappelli

A Fundação Cultural de Curitiba lamenta a morte do artista plástico Nini Policappelli, aos 77 anos, ocorrida nesta sexta-feira (3/3). Italiano radicado em Curitiba há mais de uma década, Policappelli realizou uma exposição individual há dois anos, no Memorial de Curitiba, como parte das comemorações do aniversário da cidade em 2018.

Na ocasião, o prefeito Rafael Greca comentou sobre a sua admiração pelo artista. “Vimos que era como nós, feito da mesma matéria dos sonhos. Agora o compartilhamos com a amada Curitiba”, disse.

Aquela foi a primeira exposição do artista no Brasil. A mostra reuniu aproximadamente 40 obras e teve curadoria do crítico de arte Fernando Bini. Desenhista, pintor, escultor, designer gráfico e de moda, arquiteto, cientista e inventor, ele descrevia sua criatividade como “arte mental”. O fascínio pela forma e cor, substância e dimensão é a essência de sua arte. Suas obras estão espalhadas por diversos países.

Aos familiares e amigos, a diretoria da Fundação Cultural expressa suas condolências.

 

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar