Notícias

03.02.2020Embaixadores da Alegria chega aos 72 anos e se prepara para brilhar na avenida

A Embaixadores da Alegria, tradicional escola de samba do bairro Santa Quitéria, é a mais antiga em atividade na cidade. O que começou como um bloco carnavalesco, fundado por sócios frequentadores do Clube Thalia, com o nome Cevadinhas do Amor, cresceu ao longo dos anos, tornando-se a Associação Cultural Carnavalesca Embaixadores da Alegria.

Nessa sexta-feira, 31/1, o prefeito Rafael Greca foi prestigiar um dos ensaios da agremiação que reuniu os foliões na quadra oficial da escola. Greca dançou com algumas passistas, arriscou uns toques no tamborim e conferiu o samba enredo deste ano, que vem falando sobre a loucura.

“Nós temos carnaval, Curitiba tem um carinho pelo carnaval. A Embaixadores da Alegria traz a tradição do nosso carnaval e simboliza a grande alegria do povo”, disse Greca.

Ajustando os últimos preparativos para o grande desfile, que acontece no dia 22 de fevereiro, na Marechal Deodoro, os encontros são importantes para fixar o samba enredo entre os integrantes da escola e os foliões da comunidade, além de acertar o andamento da bateria e o bailado do Mestre Sala e Porta Bandeira.

Com 9 títulos na história, a escola de samba ficou em primeiro lugar no grupo de acesso no carnaval do ano passado. Neste ano, com o enredo “Louco é Pouco … De louco todo mundo tem um pouco”, a escola espera superar os desafios e fazer um grande desfile.

O enredo vai ser contado em quatro etapas: a loucura do cotidiano; os gênios da loucura, como Einstein e Tesla; loucas músicas e encerra com a loucura do carnaval.

“Nós voltamos esse ano ao grupo especial para brigar pelo título, mas o mais importante é valorizarmos a nossa maior expressão cultural, sem preconceito, unindo todas as classes sociais”, disse Diogo Peres de Lima, presidente da Embaixadores da Alegria.

Neste ano a escola leva para a avenida 450 integrantes, com 70 ritmistas na bateria.

Símbolos

O pavilhão da escola apresenta uma cartola e uma batuta, símbolos que representavam a elite curitibana da década de 1940.

A Acadêmicos do Salgueiro, escola tradicional do bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro, é madrinha da escola curitibana, que em homenagem a vermelho e branco carioca, adotou as mesmas cores.

Laços afetivos

Apesar de a quadra de ensaio da Embaixadores da Alegria ter sido transferida para o bairro da Cidade Industrial, há alguns anos, a comunidade mantém os laços com o bairro Santa Quitéria, que a acolheu por 60 anos.

Em comemoração aos 72 anos, está sendo organizado um grande baile que vai acontecer na quadra da escola no próximo sábado, dia 8/2. O Baile das Bandeiras reúne todas as outras agremiações, que são convidadas a participar do evento. A entrada é gratuita.

Escolas

Curitiba tem cinco escolas de samba no grupo especial, três no de acesso e oito blocos carnavalescos.
No grupo especial estão Mocidade Azul, Acadêmicos da Realeza, Imperatriz da Liberdade, Enamorados do Samba e Embaixadores da Alegria. O grupo de acesso é formado por Leões da Mocidade, Unidos de Pinhais e Os Internautas.

Também acompanharam o ensaio dessa sexta-feira a presidentte da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Castro, os assessores Cynthia Maia e Lucas Navarro de Souza, o diretor de teatro Edson Bueno e o administrador regional do Portão, Gerson Gunha.

Aprenda o Samba Enredo

"Louco é Pouco … De louco todo mundo tem um pouco"
Autores: Alexsandro Castro/ Fabio KB/João P Ramos/ Jorginho Perola Negra/ Michel Pallylo

Vermelho e Branco é tradição … Comunidade … Nação …
Um louco sentimento, pelo meu Pavilhão
Inexplicável paixão (Refrão 2x)

Venha viajar, usar e abusar … da fantasia
De toda a imaginação e criação … na avenida
De louco todo mundo tem um pouco
Sentimento, que nos fazem delirar…
Alterações extremas…
às vezes boas, às vezes más
De aparência estranha ou normal…
Incompreensível irracional
Desprovido de bom senso…

Imprevisível é o meu carnaval
Além do infinito …
Extravagância e toda regra a quebrar …
Revolução à frente, coisa de louco, esperando o que virá
Ideias geniais…
Ser relativo, em um mundo melhor
Diga alô do outro lado…
Terra à vista, um sonho doido a trilhar

Sou maluco beleza
Fiz da quinta regência, minha marcação
Assim de olho no tempo
Voando nas asas da evolução (Refrão 2x)

Em nosso dia a dia …doidas histórias e suas versões
Sejam, das mais variadas, formas e situações
Maria …. louca em seus devaneios
Maluquinho arteiro…
também são temas do meu samba enredo
Eu vou … nessa vida louca me envolver
E na avenida fazer reviver …
Inesquecíveis canções …
Relembrar grandes sucessos
Que embalaram gerações e multidões
Com muita alegria, a Embaixadores, vai passar
Nesse desfile especial
faça chuva ou faça sol
Ninguém vai me segurar
Com garra e muito suor …
A vitória chegará…

Sacudindo a cidade
Loucura ou realidade
O que eu quero é mais te amar (refrão 2x)

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar