Grandes Eventos

Curitiba Jazz Festival

O Curitiba Jazz Festival, além de boa música, também conta com recreação infantil e várias atrações gastronômicas.

Curitiba Jazz Festival



 

Feira Internacional da Música do Sul

A Feira Internacional da Música do Sul, no Portão Cultural, promove a convivência de empresários, produtores, selos, gravadoras, diretores de festivais e diversos agentes da cadeia produtiva de música com o publico geral. A FIMS tem como meta gerar e concretizar negócios no setor musical com foco no sul do país, mas também aberto a agentes do Brasil e da América Latina, um dos destaques da edição 2018. Em 2016, mais de 400 pessoas visitaram a feira, 248 bandas se inscreveram no edital dos showscases e foram mais de 170 reuniões, 60 shows e iniciativas geradas a partir da FIMS gerando aproximadamente R$ 60mil em recursos de shows.

Para mais informações acesse: www.fims.com.br
 

Festival de Ópera do Paraná

Objetivo do evento é revelar e promover cantores, músicos e obras feitas no estado

www.festivaldeopera.org
 

Musicletada

Festival multicultural que apresenta os talentos da música curitibana e ações que incentivam a mobilidade e sustentabilidade.
A logo é referencia aedição de 2018, a cada ano a mesma é renovada.

Mais em: www.musicletada.com.br
 

Oficina de Música

O mês de janeiro em Curitiba é sinônimo de Oficina de Música. Desde 1983, a cidade inicia o ano ao som dos acordes de um dos mais importantes encontros de música da América Latina. Em todos esses anos, a Oficina realizou milhares de concertos, multiplicou o número de cursos e alunos, atraiu renomados professores e firmou-se como espaço para o desenvolvimento acadêmico e profissional de músicos brasileiros e estrangeiros. É uma verdadeira instituição em prol da valorização das mais variadas vertentes musicais.

A Oficina de Música estendeu seus domínios, tanto no que se refere ao número de participantes e multiplicação dos cursos, como aos locais de desenvolvimento das aulas e apresentações, além das áreas musicais abrangidas. À música erudita e antiga somaram-se as manifestações da música popular brasileira, a música latino-americana, as iniciativas voltadas ao universo infantil, os encontros de professores e simpósios, até englobar, desde 2001, o rock, o blues, a música de raiz e a música eletrônica.

Atualmente, perto de 1,9 mil alunos disputam as vagas de mais de uma centena de cursos, nas fases erudita e popular, sob a orientação dos melhores professores, instrumentistas, maestros e cantores. Ao longo dos anos, aqui estiveram representantes de toda a América Latina, Estados Unidos, França, Suíça, Holanda, Inglaterra, Alemanha, Noruega, Espanha, Itália, Portugal, China e Israel, numa importante troca de experiências que resulta na revelação de novos e grandes talentos da música brasileira.

Acesse www.oficinademusica.org.br.