Notícias

28.01.202138ª Oficina de Música tem programação diversificada para crianças

Um vídeo artístico em homenagem a Astor Piazzolla, com a participação de 20 alunos adolescentes cantores do projeto MusicaR, é uma das atrações artísticas da 38ª Oficina de Música de Curitiba – Edição Virtual. O vídeo será veiculado no domingo (31/1), às 19h30, no canal do Youtube e encerra duas semanas de intensas atividades do núcleo de musicalização infantil da Oficina de Música.

O vídeo conta com a participação dos alunos do MusicaR – programa de educação musical desenvolvido pela Prefeitura de Curitiba nas regionais – e do Quinteto de Cordas da Orquestra de Câmara de Curitiba, conduzido pelo violinista Francisco de Freitas Jr.

Os arranjos foram elaborados pelo pianista Davi Sartori, que também participa da execução das obras de Astor Piazzolla: Libertango (Letra: Suellen de Moraes) e Vuelvo Al Sur (Letra: Fernando Solanas). A edição do vídeo ficou a cargo do Estúdio Trilhas Urbanas, sendo que os cantores enviaram a gravação de suas casas por meio de dispositivos próprios, orientados pelos professores do MusicaR.

Inovação

O núcleo de musicalização infantil da 38ª Oficina de Música de Curitiba inovou em muitos aspectos em relação às edições anteriores. O meio virtual possibilitou novas abordagens e maior interação entre as crianças, os professores e o público em geral. A programação consistiu na realização de quatro cursos, seis shows interativos, cinco lives/rodas de conversa e um intercâmbio cultural.

Todas as ações na Oficina envolveram aproximadamente 100 alunos do MusicaR de forma direta e participativa nos cursos e atividades desenvolvidas, além de um público diário nas lives e shows, que tiveram em torno 200 a 500 visualizações cada. A direção musical e a curadoria de toda a programação são dos coordenadores do programa MusicaR Ângela Deeke Sasse, Cristiane Alexandre e Guilherme Romanelli.

“Desta vez, a educação musical na Oficina teve uma programação muito especial. Tentamos suprir a ausência das atividades presenciais por cursos e lives prazerosas e instrutivas, envolvendo as crianças e os professores de musicalização. É importante dizer também que a Oficina sempre contribuiu com a capacitação desses profissionais”, disse a coordenadora Ângela Sasse.

Cursos

Os cursos ofertados foram o de Flauta Doce para Alunos e Professores, com Cláudia Freixedas; o de Exploração Musical com Objetos, com João Carlos Dalgalarrondo, que ensinou as crianças a explorar os sons de objetos de plástico, metal, madeira, cerâmica, entre outros; e o curso de Home Studio Lab, com o argentino Juan Francisco Carrasco, que mostrou as possibilidades das novas tecnologias para potencializar a aprendizagem musical.

Juan Carrasco apresentou ferramentas básicas para montar um laboratório eletroacústico com as tecnologias disponíveis a baixo custo, apps e softwares livres. A live do dia 27/01 apresentou os resultados do trabalho realizado no curso Home Studio Lab mostrando composições dos alunos e do professor.

Nesta quinta e sexta-feira (28 e 29/1) será realizado o curso de Regência de Coro Infantil, com a professora María Guinand, da Venezuela. Ainda há vagas para inscrição na categoria “ouvinte”.

Lives – Programa MusicaR

A programação artística também está bem diversificada. Nessas duas semanas, lives e pockets shows reuniram cantores, compositores e educadores com trabalhos voltados ao universo infantil, como a cantora, compositora e contadora de histórias Bia Bedran (RJ), as especialistas em educação musical Maria Guinand (Venezuela), Enny Parejo (SP) e Teca Alencar de Brito (SP) e o compositor Hélio Ziskind (SP). Uma das novidades foi a palestra com Emily Achieng Akuno, do Quênia, que falou sobre o canto coral queniano, que mistura sons indígenas e sons ocidentais.

Ainda nesta quinta-feira (28/1), às 19h30, será possível assistir à roda de conversa com Lucilene Silva (SP), Eduardo Guedes Pacheco (RS) e Roberto Moura (França), com mediação de Lia Marchi, sobre o repertório musical de referência para a educação musical.
Na sexta-feira (29/1), no mesmo horário, será transmitido o show interativo “Nélio Velho”, com muita cantoria e brincadeiras do educador e compositor Nélio Spréa.

Intercâmbio

Vinte crianças do MusicaR inscritas na Oficina de Música também tiveram oportunidade de participar de um intercâmbio musical virtual com dez crianças da cidade de Trento (Itália), alunas do professor brasileiro Marcelo Burigo no conservatório Opera Prima Scuola Musicale Dei Quattro Vicariati.

As crianças puderam assistir a um vídeo representativo de cada grupo e também fazer perguntas umas às outras. Cada grupo lançou um desafio de cantar e ensinar uma música representativa do seu país.

De acordo com o coordenador do MusicaR, Guilherme Romanelli, a experiência gerou a possibilidade de realizar novos intercâmbios virtuais. Já está em organização um intercâmbio com crianças da cidade de Santiago de Compostela (Espanha). Outro projeto que nasceu dessa experiência é a realização de produções musicais conjuntas reunindo crianças do MusicaR com crianças de outros países, baseando-se na interpretação de repertórios representativos de cada cultura.
 

Serviço:

38ª Oficina de Música de Curitiba

Musicalização Infantil – Programa MusicaR

28/1, às 19h30 – Live “Conversa sobre o Repertório Musical de Referência para a Educação Ambiental”, com Lucilene Silva (SP), Eduardo Guedes Pacheco (RS) e Roberto Moura (França), mediação de Lia Marchi.

29/1, às 19h30 – Show interativo “Nélio Velho”, com Nélio Spréa

31/01, às 19h30 – Exibição do vídeo produzido com alunos do programa MusicaR e músicos da Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba em homenagem a Astor Piazzolla.

Transmissão pelo canal do MusicaR no Youtube: www.oficinademusica.org.br/musicar

 

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

imprimir voltar