Notícias

29.10.2019 Programa “Curitiba Lê” é finalista do 4º Prêmio Retratos da Leitura

 O “Curitiba Lê”, programa de incentivo à leitura realizado pela Fundação Cultural de Curitiba, é finalista da 4ª edição do Prêmio Retratos da Leitura, promovido pelo Instituto Pró-Livro (SP). O objetivo da premiação, apoiada pela Câmara Nacional do Livro, é valorizar e divulgar iniciativas bem-sucedidas no campo de formação de leitores e do estímulo à leitura, em todas as regiões do país.

Mais de 200 projetos de 23 estados brasileiros concorreram nesta edição. O programa curitibano está entre os 42 finalistas (http://plataforma.prolivro.org.br/4a-edicao-premio-retratos-da-leitura-finalistas/) e concorre na categoria “Bibliotecas”. As demais categorias são Cadeia Produtiva, Mídia e Organizações Sociais Civis. A relação dos finalistas foi divulgada pelo instituto nesta terça-feira (29). Os três ganhadores de cada categoria serão conhecidos no dia 4 de dezembro, numa cerimônia em São Paulo. Eles levarão o troféu Prêmio IPL – Retratos da Leitura.

Ações – Criado em 2010, o “Curitiba Lê” é composto por um conjunto de ações de fomento, difusão e formação que visam aumentar quantitativa e qualitativamente os índices de leitura na população. Atualmente, conta com 16 Casas da Leitura e o Bondinho da Leitura no calçadão da Rua XV de Novembro. Além dos espaços físicos, o programa também promove ações diretas junto à comunidade oferecendo atividades de rodas de leitura e contação de histórias, laboratórios de leitura, palestras, seminários e oficinas de análise e criação literária.

As Casas da Leitura realizam empréstimos de livros da mesma forma que as bibliotecas tradicionais, diferenciando-se destas por oferecer um acervo especializado em literatura e artes. Atendendo um público variado de crianças, jovens, adultos e idosos, as Casas da Leitura buscam manter vínculo com a comunidade de seu entorno, principalmente por meio de instituições como escolas, centros sociais, associações de bairro, ONGs, entre outros.

Destaques – Esta não é a primeira vez que o “Curitiba Lê” é indicado como uma das iniciativas de destaque no incentivo à leitura. Em 2012, ele foi incluído no Observatório de Políticas Públicas de Leitura na América Latina, da Cátedra UNESCO de Leitura (PUC – Rio) como exemplo de programa que contribui para a transformação social por meio da formação de leitores. Em 2014, um dos projetos de mediação de leitura do Programa Curitiba Lê, o Palavra de Mulher, foi indicado como um dos cinco finalistas do Prêmio Vivaleitura, iniciativa conjunta dos Ministérios da Cultura e da Educação.

 

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar