Notícias

10.10.2019Exposição de fotos celebra 39 anos de Casa de Leitura

 Nesta quinta-feira (10/10), a Casa da Leitura Nair de Macedo, no Guabirotuba, vai completar 39 anos. Em homenagem às suas quase quatro décadas, ganhou de presente uma exposição com fotos que resgatam a memória afetiva dos eventos realizados no espaço que nasceu batizado como “Biblioteca” em 1980.
São 30 fotos resgatadas de um álbum que guarda a história de eventos como as peças de teatro, autos de Natal, passeios para a Lapa e Vila Velha, festas juninas, as comemorações dos aniversários de Curitiba e da própria casa.
Mostram momentos de descontração das crianças que frequentavam a Casa, com as brincadeiras e danças do grupo porto-riquenho Menudos e do Charleston.
Há ainda uma retrato das irmãs de Nair de Macedo, sendo homenageadas, em 1985. Um item curioso da exposição é um livro que foi devolvido por uma leitora no início deste ano, depois de mais de três décadas do seu empréstimo.
O analista administrativo da casa, Eli Bruno do Prado Rocha Rosa, conta que, desde o início da exposição, no início do mês, já aconteceu de alguns frequentadores da Casa de Leitura se reconhecerem nas fotos antigas.

“Fiquei impressionado com algumas mudanças significativas na Casa. No jardim, o crescimento das árvores foi espantoso”, compara Eli.

Memória afetiva
A servidora aposentada da Casa, Florência da Rocha Santos, 62 anos, visitou a exposição e encontrou nos retratos muita gente conhecida. “Algumas dessas crianças me encontram, hoje adultos e me cumprimentam: ‘Oi, Tia Flor, lembra de mim?’. Ficaram boas lembranças”, diz.

Ela se recordou das peças e figurinos que ajudou a criar, dos passeios e torneios de xadrez que organizavam. Ela mesma aprendeu a jogar com um dos meninos que frequentava a Casa, onde ela trabalhou 11 anos – de 1980 a 1991. “Complicado mesmo era fazer essas fotos aí. Não era fácil como é hoje. São relíquias”, fala.

Nair de Macedo
Atualmente, a Casa de Leitura Nair de Macedo tem um acervo de 5 mil livros e oferece atividades como contação de histórias.
É a única das 17 casas de leitura de Curitiba que não foi batizada com o nome de um expoente da literatura.
A homenagem foi feita à professora nascida em Curitiba em 1910 e que, em 1929, começou a lecionar no Grupo Escolar Dr. Xavier da Silva. Também deu aula no Grupo Escolar Tiradentes, onde ficou por duas décadas e foi uma das fundadoras do Colégio Stella Maris. Morreu em 1980, aos 70 anos.

Serviço
Exposição 39 Anos da Biblioteca Nair de Macedo
Até 31/10/2019
Ingresso: gratuito
Casa de Cultura Nair de Macedo
Rua da Capitania, 57, Guabirotuba
(41) 3296-3312
Atendimento: 9h às 18h (2ª a 6ª feira)

 

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar