Agenda de Cinema

[Cinemateca] DARIO VELLOZO, O FILHO DAS ESTRELAS

(Brasil, documentário, 52’)
1893 é um marco na história cultural de Curitiba. Foi quando teve início uma amizade que produziria muitos frutos literários, hoje ao nosso alcance em impressos raros guardados com cuidado em poucas bibliotecas. Neste ano, Dario Vellozo, Silveira Neto, Júlio Perneta e Antonio Braga formaram o grupo O CENÁCULO, cujas atividades voltaram-se para o estudo, a leitura e a produção de textos e poesias de estética simbolista.
Muitos estudiosos da literatura nacional destacam a importância deste grupo e de outros escritores paranaenses no desenvolvimento do movimento simbolista, e afirmam a forte produção artística desses intelectuais em comparação com as demais capitais da República, maiores e, à princípio, dotadas de um relacionamento mais estreito com as grandes cidades européias, origem do simbolismo. Porém, a Curitiba da virada do século XIX para o XX já não era mais a mesma, a produção cultural estava a todo vapor e a Estação Ferroviária, inaugurada em 1885, trazia e levava gente (e livros) de todos e para todos os lugares pelo porto de Paranaguá; prédios urbanos com estética eclética, novos métodos de construção, enfim, um aparato material que configurou um cenário propício para aqueles que, preocupados com a essência do ser humano, obstinavam-se a ir além do real por meio das palavras.
Direção: Vinni Gennaro
Elenco: Alice Ruiz, Estrela Leminski, Manoel Anísio, Maria Tarcisa, Marcos Cordiolli entre outros poetas e poetisas Curitibanos

mais

[Cinemateca] EL DÍA MÁS CORTO 2018

O Instituto Cervantes em Curitiba e a Cinemateca, mais uma vez se unem para apresentar a mostra de cinema [ED+C] O dia mais curto 2018 /[ED+C] El día más corto 2018.
[ED + C] 'O dia + corto' é a atividade que é organizada para celebrar a criatividade e originalidade do curta com a apresentação de um número incontável de exibições deste formato, na Espanha, e também em outros lugares do mundo. O Instituto Cervantes aproveita esta ocasião para homenagear os criadores e gestores que tornam possível a capacidade criatividade e a pluralidade do curta-metragem. Este ano homenageamos o espanhol David Pantalelón, que nasceu em 1978, em Valleseco (Gran Canaria), provavelmente um dos curtas-metragistas mais dedicados a tornar este meio um espaço de expressão para estéticas e jogos de linguagem que somente este gênero permite.
Programa:
Cachorro vermelho/Perro rojo
(Espanha. 2009, Ficção. 4 min.)
Direção: David Pantaleón
Intérpretes: Alejandro Butler, Paco Ortuño, Raul Rodríguez
Sinopse: Reflexão ecológica na chave da ficção científica, Red Dog coloca o espectador em um futuro não tão distante em que uma humanidade dizimada sobrevive em abrigos submersos.

Apostasia/Apostasía
(Espanha. 2009, Religião. 03:34 min.)
Direção: David Pantaleón
Intérpretes: José Tomás "El perejil"
Sinopse: Vencedor do curta-metragem do 1º Prêmio no Festival Internacional La Boca del Lobo, Madri, na seção de filmes expressos "BUSCATE LA VIDA", que consiste na produção de um curta-metragem durante a semana do festival sob um slogan (controle sua raiva) e duas condições (uma cura e um grito).

Pela porta grande/Por la puerta grande
(Espanha. 2013, Comédia. 03:30 min.)
Direção: David Pantaleón
Intérpretes: Daniel Morilla, José Ángel Buhigas
Sinopse: Daniel se prepara para ir trabalhar. Você já enfrentou alguma vez a realidade?

O bezerro pintado/El becerro pintado
(Espanha. 2017, Documentário. 09:35 min.)
Direção: David Pantaleón
Intérpretes: José Mentado, José Rivero, Suso Ríos, Javier Déniz Carlos Domínguez, Domingo García, Gregorio García, José Antonio García, Vicente Nuez, Antonio Ortega, Pedro Ortega, Lorenzo Ramos, Agustín R
Sinopse: Aqueles que adoram o Bezerro de Ouro baseiam suas vidas no materialismo, buscando obter bens e riquezas com sua adoração. Mentir e saquear se tornam uma prática comum.

Três cordeiros/Tres corderos
(Espanha. 2014, Experimental. 08:44 min.)
Direção: David Pantaleón
Intérpretes: Ary Van Giesen, Acacia Anderson, Olga Colmenero, Tomás Cabrera, Manuel Pérez, Carmen Agrafojo, Mº Dolores García, Cruz Afonso, Doramas Benítez, Fernando Jiménez, Jesús Rodríguez, Mercedes Suá
Sinopse: Tríptico sobre a condição humana, oferenda ou sacrifício?

Festa de pijamas/Fiesta de pijamas
(Espanha. 2015, Comédia. 07:55 min.)
Direção: David Pantaleón
Intérpretes: Patricia Aguado, Ylianna Arteaga, Omayra Cruz, Grimanesa Cruz, Adrián del Toro , José Francisco García, Laura Grosso, Daniel Hernández, Arima León, Diana Marrero, Iván Marrero, Alejandro Ortí
Sinopse: Festa de pijamas é uma representação grotesca, uma dança de máscaras, é a democracia sob os escombros de mentiras.

Fundo ou forma/Fondo o forma
(Espanha. 2012, Ficção. 5 min.)
Direção: David Pantaleón
Sinopse: Conto naif sobre a origem dos conflitos. Primeiro episódio da "trilogia de histórias de papelão".

No escuro mais seguro/A lo oscuro más seguro
(Espanha. 2013, Ficção. 08:41 min.)
Direção: David Pantaleón
Intérpretes: Amado Fermín del Rosario Hernandez, Domingo Oliver Quintana Quintana, Jonathan Efrén Quintana Quintana
Sinopse: Três amigos estão caçando quando um deles confessa que nunca matou um animal. Segundo episódio da "trilogia de histórias de papelão".

A paixão de Judas/La pasión de Judas
(Espanha. 2014, Comédia. 10 min.)
Direção: David Pantaleón
Sinopse: Este filme é baseado em uma tradição local de algumas cidades espanholas e ibero-americanas nas quais um boneco que representa Judas é apedrejado, linchado ou queimado por sua traição a Cristo. Terceiro episódio da "trilogia de histórias de papelão".

mais

Cursos e Oficinas

Nenhum curso com o critério selecionado.