Notícias

25.09.2019Arte contemporânea: Solar do Barão abre as portas para a 14ª Bienal de Curitiba

O Centro Cultural Solar do Barão está no circuito da 14ª Bienal de Arte de Curitiba. As exposições foram abertas na noite desta terça-feira (24/9) e poderão ser vistas até fevereiro. Entre elas estão o Cubic4 – o quarto circuito universitário da história do evento, em parceria com a Universidade Federal do Paraná.

O Cubic4 apresenta a produção de 36 jovens artistas em exposições itinerantes. Além do Museu da Gravura do Solar do Barão, a Sala de Arte Digital do Museu Municipal de Arte (MumA), no Portão Cultural, servirá de vitrine à produção dos estudantes a partir de outubro.

Do Brasil e do exterior

Também no Museu da Gravura podem ser vistas as obras pertencentes ao acervo da fundação que leva o nome do artista gaúcho Iberê Camargo. Lá estão também trabalhos do pintor e gravador Eduardo Haesbaert, ex-assistente de Camargo.

O Museu da Fotografia está sediando a exposição Möbius, do guatemalteco Luis Gonzalez Palma – uma fusão de fotografia, colagens e elementos geométricos. O espaço também exibe a instalação resultante da performance da artista sul-africana Sethembile Msezane.

Intitulada Fronteiras em Aberto, a 14ª Bienal de Curitiba reúne cerca de 400 artistas de 45 nacionalidades.

 

Serviço:

Mostras da Bienal no Solar do Barão
Local: Museus da Fotografia e da Gravura do Solar do Barão (Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 533)
Período: até 23/2/2020
Horário: das 9h às 18h (de segunda a sexta-feira) e das 12h às 18h (sábado e domingo)
Entrada franca
Instagram: @bienaldecuritiba
Facebook: /BienaldeCuritiba
www.bienaldecuritiba.com.br

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: FCC

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar