Notícias

28.08.2019Prefeitura lança edital para o Carnaval 2020

Em meio ao batuque de escolas de samba e à ginga de passistas e madrinhas de bateria, o prefeito Rafael Greca lançou, nesta terça-feira (27/8), o edital do Carnaval 2020, no valor de R$ 820 mil. O recurso servirá para escolas e blocos se prepararem para a festa e para estruturar o desfile, em 22 e 23 de fevereiro, na Avenida Marechal Deodoro.

Em todo o carnaval curitibano será investido R$ 1,5 milhão. O valor para as escolas sairá do Fundo Municipal de Cultura. O restante vem da Fundação Cultural de Curitiba.

As agremiações carnavalescas interessadas em obter o recurso da Prefeitura têm até 26 de setembro para se inscrever. O dinheiro será liberado após análise da documentação encaminhada pelos responsáveis por escolas e blocos.

“Vocês vão começar a receber a verba em outubro”, disse Greca, ao lado da primeira-dama, Margarita Sansone, e da presidente da Fundação Cultural de Curitiba (FCC), Ana Cristina de Castro, que lembrou a importância da festa popular para o turismo e a economia. “É um campo para o crescimento da economia criativa”, disse Ana.

O prefeito acrescentou que a Prefeitura respeita as comunidades que fazem o carnaval e as famílias que o aplaudem.

“Mais que representar a grandeza da história do nosso povo, essa é a resposta de resistência aos pseudointelectuais que queriam tornar Curitiba uma cidade sem Carnaval e sem alegria", disse Greca.

Ele lembrou que compareceu à Avenida Marechal Deodoro – a passarela do samba da cidade – nas duas noites de desfiles deste ano, além de prestigiar eventos pré-carnavalescos, como o baile da terceira idade e o Carnaval das Crianças, nas Ruas da Cidadania. Também estávamos, Margarita e eu, ao lado de Darcy Ribeiro quando da inauguração do Sambódromo do Rio de Janeiro, uma obra maravilhosa que uniu a cultura popular e a educação num mesmo espaço”, contou.

O presidente da União das Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos de Curitiba e Região Metropolitana e vice-presidente da Comissão do Carnaval 2020, Jefferson Pires Lima de Assis, agradeceu o esforço da presidente da FCC em antecipar o repasse da verba. “Dá tempo de preparar um bom Carnaval porque sabemos que temos esse apoio com antecedência”, disse ele, que também preside a Escola de Samba Imperatriz da Liberdade

Escolas, blocos e convidados

Curitiba tem cinco escolas de samba no grupo especial, quatro no de acesso e cinco blocos carnavalescos. No grupo especial estão Mocidade Azul, Acadêmicos da Realeza, Imperatriz da Liberdade, Enamorados do Samba e Embaixadores da Alegria. O grupo de acesso é formado por Leões da Mocidade, Unidos de Pinhais, Os Internautas e Império Real de Colombo. Os blocos são Boêmios e Madames, Púrpura, Fogosa, Fui Parar e Rancho das Flores.

Participaram do evento o vice-prefeito, Eduardo Pimentel; a secretária municipal do Turismo, Tatiana Turra; os vereadores Edson do Parolin e Beto Moraes; os presidentes do Fundo Municipal de Cultura, Luciano Kampf, e da Comissão de Carnaval, Jaciel Teixeira; e os diretores da FCC Loismary Pache (Incentivo à Cultura), Beto Lanza (Ação Cultural) e Cristiano Morrissy (Administrativo e Financeiro).

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar