Notícias

16.10.2019Programação gratuita na Cinemateca dá plataforma ao cinema nacional

Entre quinta-feira (17/10) até o dia 27 de outubro, a Cinemateca de Curitiba terá dois atrativos para quem gosta de cinema: ótimos filmes e entradas gratuitas.

Produções de diversos gêneros compõem a programação, que destaca o cinema nacional com filmes como “O homem do futuro” e “Trair e coçar é só começar”, ambos compõem a Semana de Arte, Cultura e Literatura, feita pela Secretaria Municipal de Educação com a Fundação Cultural de Curitiba

Além disso, a Mostra Internacional de Cinema Nossa Terra: Cultura e Alimentação exibe cinco documentários e uma animação que levantam discussões sobre o universo da cultura alimentar.

 

Festival
O festival de cinema Cine Tornado é mais um motivo para dar um pulo na Cinemateca ao longo da próxima semana. O evento traz uma série de curtas-metragens nacionais e internacionais que abordam diferentes aspectos da existência humana.

Outras atrações incluem uma sessão do filme “O salário do medo”, promovido pelo Cineclube da Aliança Francesa e da produção nacional “Os 12 trabalhos”, organizado pelo Cinerei.

Programação
Semana de Arte Cultura e Literatura

Dia 17/10, 9h30 e 14h
O HOMEM DO FUTURO
(BR, 2011, comédia, 102’, 12 anos). Direção: Claudio Torres
Elenco: Wagner Moura, Alinne Moraes, Maria Luisa Mendonça.
Zero é um cientista genial, mas infeliz porque há 20 anos foi humilhado publicamente durante uma festa e perdeu Helena, uma antiga e eterna paixão. Certo dia, uma experiência com um de seus inventos permite que ele faça uma viagem no tempo, retornando para aquela época e podendo interferir no seu destino.

Dia 18/10, 9h30 e 14h
TRAIR E COÇAR É SÓ COMEÇAR
(BR, 2006, comédia, 92’, 12 anos). Direção: Moacyr Góes
Elenco: Adriana Esteves, Bianca Byington, Cássio Gabus Mendes, Lívia Rossy, Otávio Muller, Mário Schoemberger, Mônica Martelli.
Num condomínio de classe média alta, uma confusa e intrometida empregada, Olímpia sempre considerou seus patrões, Inês, uma arquiteta, e Eduardo, um médico, o casal mais perfeito e apaixonado do mundo. Eles estão prestes a completar 15 anos de casados, o que faz com que Olímpia e Inês preparem uma surpresa a Eduardo, que está retornando de um congresso em Brasília. Porém Olímpia erroneamente supõe que Eduardo esteja traindo a esposa com Salete, uma dançarina que Eduardo conheceu na viagem de volta. Logo ele começa a pensar que Inês está tendo um caso com Cláudio, o síndico do prédio. Cristiano e Lígia, que também são casados e se amam, são também vítimas de interpretações erradas, que causam ainda mais confusões. Em pouco tempo mais pessoas são envolvidas e o prédio vira um pandemônio.

Mostra Internacional de Cinema Nossa Terra

Dia 17 – 19h
PETROLEUM É NOSSO: A EBULIÇÃO DA CERVEJA ARTESANAL NO BRASIL
(Brasil, 2017, documentário, 86', 14 anos). Direção: Luiz Felipe Araújo
Longa documental que mostra as comunidades de cervejeiros brasileiros e o renascimento do mercado de cervejas especiais no Brasil. O filme usa como fio condutor a história da Petroleum, uma cerveja que nasceu pelas mãos de cervejeiros caseiros de Curitiba, em panelas de alumínio, ganhou fama nos festivais e hoje é produzida em duas fábricas – na Gauden em Curitiba e pela Wäls de Belo Horizonte. Nas entrevistas, um panorama da trajetória dos fundadores de algumas das mais importantes cervejarias artesanais do país.

Dia 18 – 19h
ATUM, FAROFA & SPAGHETTI
(Brasil, 2017, documentário, 95', livre) Direção: Riccardo P. Rossi
Uma viagem gastronômica por três continentes. Estrelado por três chefs pernambucanos, a obra produzida pela PopFilmes e dirigida pelo cineasta italiano Riccardo Rossi, é o registro da viagem de Joca Pontes, Duca Lapenda e André Saburó. Convidado para realizar um jantar no renomado restaurante uma estrela Michelin Ze Kitchen Galerie, Joca não apenas aceita o desafio como também leva seus amigos para uma reflexão gastronômica.

Dia 19 – 19h
CAFÉ E UM DEDO DE PROSA
(Brasil, 2017, animação, 72', 10 anos) Direção: Mauricio Squarisi
Esta animação se desenrola a partir do encontro dos amigos Vera Holtz e Wandi Doratiotto em uma cafeteria. Apaixonados pela bebida, eles travam um bate-papo informal e descontraído sobre a história do café. Acompanhando esse diálogo, o público vai descobrindo muitas curiosidades sobre a bebida mais popular do país, sua importância histórica e influência na economia, política e até na cultura brasileira. Baseado no livro “A História do Café” de Ana Luiza Martins (Editora Contexto, 2008) o filme é resultado de seis anos de trabalho e chegou aos cinemas no ano passado além de circular por diversos festivais e mostras de cinema do país.

Dia 20 – 18h
I VILLANI
(Itália, 2018, documentário, 83', livre). Direção: Daniele de Michele
I Villani é uma expressão que indica a simplicidade e autenticidade dos camponeses e trabalhadores humildes, que produzem seus alimentos segundo práticas tradicionais. O filme acompanha a rotina de quatro trabalhadores, do início ao fim de sua jornada de trabalho. Da hora em que acordam até o momento em que vão dormir, seus ofícios, suas famílias, prazeres e tristezas são analisados enquanto eles explicam a sensação de viver e falam sobre pesca e agricultura. A maior questão que permeia suas preocupações é quanto tempo eles possuem até que sejam substituídos pela automação.

Cinerei

Dia 20 – 16h
Os 12 Trabalhos
(BR, 2006, drama, 90’, 12 anos) Direção: Ricardo Elias
Elenco: Sidney Santiago, Flavio Bauraqui, Vera Mancini, Vanessa Giácomo.
Depois de sair da Febem, Heracles consegue um emprego de motoboy, graças à indicação do primo. No entanto, para provar que merece ser efetivado, o rapaz precisa realizar 12 tarefas em um dia movimentado na capital paulista.

Cineclube da Aliança Francesa

Dia 19 – 16h
O SALÁRIO DO MEDO
(Le Salaire de la peur, França, 1953, suspense, 131’, 12 anos). Direção: Henri-Georges Clouzot.
Elenco: Yves Montand, Charles Vanel, Peter van Eyck, Vera Clouzot.
Las Piedras é um vilarejo controlado pela Southern Oil Company (S.O.C.) que está tomado pela pobreza. Quando um incêndio é iniciado num poço de petróleo perto do lugar, o presidente da S.O.C emprega um grupo de homens para ir ao local de caminhão e prevenir novos acidentes. O verdadeiro problema surge quando obstáculos começam a aparecer, sendo o primeiro uma íngreme montanha.

Cine Tornado
Entre 22 e 27 de outubro, a Cinemateca recebe a 6ª edição do Cine Tornado Festival.
As sessões acontecem a partir das 17h, com entrada franca.

Em 2019 Cine Tornado Festival entra no seu 6º ano compondo curadorias que aproximam expressões locais e globais da sétima arte, estimulando o diálogo entre linguagens e gêneros de cinema. O caráter nacional e internacional é a base para a circulação de saberes e para a ampliação dos modos de fazer cinema. Na programação constam exibições de filmes na Mostra Competitiva e debates com convidados no eixo Panorama Internacional.

Autor: SMCS

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar