Mostra de Cinema Japonês: Retrospectiva Mikio Naruse

O cineasta japonês, Mikio Naruse, realizou, em seus trabalhos, críticas aos valores sociais típicos do Japão, enfatizando as questões femininas. Suas obras têm um estilo simples e melancólico e, ao mesmo tempo, toques de humor. A Cinemateca de Curitiba exibe um ciclo de 13 filmes de Naruse, com legendas em português.

Programação:

Dia 07
18h – Tsuruhachi Tsurujiro (1938 – 89’ – P&B – 35mm). Um dos poucos filmes históricos de Naruse, cuja ação se desenrola no início do século 20. É também uma história de amor, de encontros, discussões e reencontros entre as duas personagens que dão título ao filme. Ela toca shamisen e ele é cantor.

20h – Quando a Mulher Sobe a Escada| Onna ga kaidan wo agaru toki (1960 –111’ – P&B – 35mm). Keiko, que ficou viúva quando seu marido morreu em um acidente de carro, é a senhora contratada de um bar no luxuoso bairro de casas noturnas Ginza. O dono do bar, reclamando da baixa nas vendas, insiste para que ela venda seu corpo para manter os clientes que mais gastam, mas Keiko se recusa, mesmo se isso significar perder clientes como Minobe, que estabeleceu Yuri, uma das antigas recepcionistas de Keiko, em seu próprio bar.

Dia 08
18h – Família Trabalhando | Hataraku ikka (1939 – 65’ – P&B – 35mm). A história de um pai desempregado, que depende de seus nove filhos para se sustentar.

20h – Nuvens de Verão | Iwashigumo (1958 – 135’ – cor – Scope - 35mm). Yae, que perdeu seu marido na guerra, administra uma pequena fazenda com sua sogra, enquanto cria seu único filho, Tadashi. Okawa, um repórter agrícola da filial local de um jornal de Tóquio a entrevista sobre as recentes reformas agrícolas e os dois se tornam grandes amigos. O irmão mais velho de Yae, Wasuke, um pai de 7 filhos, pede que os dois, Okawa e Yae, atuem como intermediários no arranjo do casamento de seu filho mais velho, Hatsuji. Eles visitam a noiva prometida, Michiko, e descobrem, por uma estranha coincidência, que sua mãe é a primeira esposa de Wasuke, que foi expulsa de casa pelo pai de Wasuke, ainda no início do casamento.

Dia 09
18h – Atores Itinerantes | Tabi yakush (1940 -71’ – 35mm). Comédia sobre atores que interpretam as patas traseiras e dianteiras de um cavalo em uma peça de teatro, e que sentem que sua arte é menosprezada. Quando o empresário que financia a peça decide substituí-los por um cavalo de verdade, a dupla decide vingar-se.

20h – Nuvens Flutuantes | Ukigumo (1955 – 124’ – P&B – 35mm). Um dos filmes mais intensos e tristes de Naruse, mostra a história de um amor e desamor, que se desenrolam ao longo de vários anos, com os encontros, desencontros e reencontros entre uma mulher e seu amante.

Dia 10
18h – A Chegada do Outono | Aki tachinu (1960 – 80’ – P&B – 35mm). Uma viúva recente, Shigeko, vai à casa de seu irmão em Tóquio com seu filho, Hideo. Shigeko arranjou para que Hideo vivesse com seu irmão, que possui uma banca de legumes, enquanto ela trabalha na hospedagem MishimaInn. Tendo crescido no campo, Hideo não está acostumado à cidade e prefere a companhia de seu bichinho de estimação, Riki, que um dia, por infelicidade, desaparece.

20h – Correnteza | Nagareru (1956 – 117’ – P&B – Padrão - 35mm). Realizado em 1956, ano em que a prostituição foi proibida no Japão, “Correnteza” explora o funcionamento interno de um mundo em mudança, onde gueixas tradicionais enfrentam a iminente queda de seu modo de vida e o fantasma da prostituição.

Dia 11
18h – Chuva Repentina | Shu-u (1956 – 92’ – P&B – Padrão - 35mm). Fumiko está estagnada num relacionamento de quatro anos com Ryotaro. Eles vivem em uma área residencial de Tóquio. Ryotaro trabalha em uma empresa de cosméticos no centro da cidade que passa por dificuldades financeiras. Como suas vidas são monótonas, eles vivem de pirraça um com o outro. Fumiko o atormenta por ser tão insensível e está infeliz com sua situação. Eles são incapazes de concordar com alguma coisa ao fazer os planos. Até que Fumiko resolve experimentar outras coisas na vida.

20h – Nuvens Dispersas | Midare Gumo (1967 – 108’ – Scope – P&B – 35mm). O casal na mesa perto da janela parece mais feliz do que qualquer outra pessoa no restaurante. Eda Hiroshi, que trabalha em um escritório do governo, foi promovido e sua esposa, Yumiko, está grávida. A felicidade do casal parece que irá durar para sempre, mas, na verdade, terminará no fim daquela tarde.

Dia 12
18h – Família Trabalhando | Hataraku ikka (1939 – 65’ – P&B – 35mm)

20h – Tormento | Midareru (1964 – 98’ – P&B – Scope – 35mm). Tendo ficado viúva durante a guerra após apenas 6 meses de casamento, Reiko quase reconstrói sozinha a loja de bebidas da família do marido, após ter sido bombardeada. Dezoito anos depois, porém, sua loja e outros pequenos negócios estão perdendo concorrência para um novo supermercado no final da rua. Como se isso não fosse suficiente, Reiko precisa se esquivar das cunhadas que desejam se livrar dela, casando-a, além de tomar conta do violento cunhado mais novo, Koji.

Dia 13
18h – A Vida De Casado | Meshi (1951 – 97’ – P&B – 35mm). Baseado em romance inacabado de Fumiko Hayashi, relata o drama de um casal que se muda para um bairro humilde em Osaka, após o fim da Segunda Guerra Mundial. O amor vai aos poucos se confrontando com as dificuldades financeiras do casal. Cansada de sua rotina e descontente com a chegada de uma prima do marido, Michiyo abandona sua casa e volta para Tóquio, onde tenta iniciar uma nova vida.

20h – Correnteza | Nagareru (1956 – 117’ – P&B – Padrão - 35mm)

Dia 14
18h – Mamãe | Okaasan (1952 – 98’ – P&B – 35mm). A história de uma pobre e trabalhadora mãe com um marido doente, que se sacrifica para sustentar a família num subúrbio de Tóquio. Naruse apresenta um compassivo, resignado, e comovente exame da luta humana, perseverança e sacrifício. Sobrepondo a inocência e o otimismo da juventude com a austeridade da vida do Japão pós-guerra, Naruse reflete a gradual erosão da esperança em face da mudança e da incerteza.

20h – A Chegada Do Outono | Aki tachinu (1960 – 80’ – P&B – 35mm)

Dia 15
18h – Atores Itinerantes | Tabi yakusha (1940 -71’ – 16mm)

20h – Tsuruhachi Tsurujiro (1938 – 89’ – P&B – 16mm)

Dia 16
18h – Chuva Repentina | Shu-u (1956 – 92’ – P&B – Padrão - 35mm)

20h – Nuvens Dispersas | Midare Gumo (1967 – 108’ – Scope – P&B – 35mm)
 

Ingresso: gratuito

Data(s): 07/10/2013 a 16/10/2013 - 2ª, 3ª, 4ª, 5ª e 6ª feira, sábado e domingo

Horário(s): 18h e 20h

Público Dirigido: não

Classificação: 14 anos

Espaço Cultural:

Cinemateca de Curitiba

avise-me na véspera

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar