14.09.2018Terror, documentários, filmes clássicos e premiados na programação de cinema no fim de semana

Para quem gosta de passar o fim de semana assistindo um bom filme, pode aproveitar as programações da Cinemateca de Curitiba e do Cine Guarani. Dentre os destaques exibidos na Cinemateca está o longa “Benzinho”, premiado no Festival de Cinema de Gramado, a Mostra de Filmes Argentinos com uma produção de terror e outra que marca contextos históricos do país. E ainda o clássico francês de Jean-Luc Godard “O Demônio das Onze Horas”, no Cineclube da Aliança Francesa.

No Cine Guarani, os destaques são os documentários “Tudo é Irrelevante, Hélio Jaguaribe” e “Camocim”, além do filme “Pela Janela”, na programação do Cineclube do Cinema Brasileiro.

Confira a agenda do fim de semana:

Cinemateca
Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1174 – São Francisco

14 e 15 de setembro
Mostra de Filmes Argentinos
14/09 – RESSURREIÇÃO

(Argentina, 2015, Terror, 100’)
Nesta sexta-feira, é exibido o terror argentino “Ressurreição”, escrito e dirigido por Gonzalo Calzada. O filme se passa em 1871 e utiliza a epidemia de febre amarela espalhada durante a Guerra do Paraguai como pano de fundo para uma história diabólica.
Atendendo a um chamado divino, o padre Aparício resolve se deslocar de seu mosteiro para a cidade de Buenos Aires, cuja população está sendo dizimada por uma estranha praga. Mas, antes de chegar à capital, ele faz uma parada na fazenda de sua família. Na trama gótica, o padre vai sendo consumido pela praga, enquanto luta para manter sua fé.
Classificação Indicativa: 16 anos
Horário: 19h
$ gratuito

15/09 – KAMCHATKA
(Espanha, Argentina, 2003, Drama, 104’)
No sábado, a mostra traz o drama “Kamchatka”, de Marcelo Piñeyro. Na narrativa, dias após o golpe militar que cerceou as liberdades individuais na Argentina, obriga um casal a se refugiar com os filhos pequenos. O pai e a mãe encontram numa casa nos arredores de Buenos Aires o lugar ideal para levar a vida em família na mais possível normalidade, enquanto refazem seus planos e estratégias. O filme apresenta a história no olhar do pequeno Harry, o primogênito, que passa a questionar os acontecimentos e percebe que algo está prestes a acontecer.
Classificação Indicativa: livre
Horário: 19h
$ gratuito

15 de setembro
Cineclube da Aliança Francesa
O DEMÔNIO DAS ONZE HORAS
(Pierrot le Fou, França, 1965, drama/policial, 112’)
Na tarde de sábado o Cineclube da Aliança Francesa exibe o drama policial de Jean-Luc Godard “O demônio das onze horas”. Na trágica obra do diretor francês, desdobra a aventura vivida pelo professor de espanhol Ferdinand, que entediado com a vida parisiense, deixa a esposa e foge em direção ao sul com uma antiga amiga. Eles caem na estrada e deixam um rastro de roubos por onde passam.
Classificação Indicativa: livre
Horário: 16h
$ gratuito

16 de setembro
BENZINHO

(Brasil, 2018, drama, 95’)
No domingo, o recentemente premiado no Festival de Cinema de Gramado “Benzinho” faz sua última exibição na Cinemateca. No filme brasileiro, o diretor Gustavo Pizzi ilustra a perspectiva de uma mãe de classe média que é lançada em uma espiral de sentimentos, após seu filho primogênito ser convidado para jogar handebol na Alemanha. Além de ajudar a problemática irmã a lidar com as instabilidades do marido e se desdobrar para dar atenção aos seus outros filhos, ela terá de enfrentar sua partida antes de estar preparada para tal.
Classificação Indicativa: livre
Horário: 19h
R$ 10 | R$ 5

Cine Guarani
Portão Cultural
Av. República Argentina, 3430

14 e 16 de setembro
TUDO É IRRELEVANTE, HÉLIO JAGUARIBE

(Brasil, 2018, Documentário, 83’)
Na sexta e no domingo o cine Guarani exibe o documentário sobre a trajetória de vida de Hélio Jaguaribe, um dos maiores cientistas políticos no Brasil, responsável por formular as teorias de um capitalismo autônomo para o país, o nacional-desenvolvimentismo. Um dos nomes que propôs uma integração da América Latina, ele faz parte do grupo que passou a repensar o Brasil desde a década de 1950.
Classificação Indicativa: 10 anos
Horário: 16h
R$ 12 | R$ 6

14, 15 e 16 de setembro
CAMOCIM

(Brasil, 2018, documentário, 76’)
A jovem Mayara, 23 anos, organiza uma campanha honesta durante as eleições municipais de Camocim de São Felix para eleger o candidato e colega César. A cada quatro anos, a cidade no interior de Pernambuco tem sua tranquilidade interrompida pela euforia política do evento. Durante o processo, Mayara toma consciência da dificuldade em participar de uma disputa marcada por hierarquias, compras de votos e clientelismo.
Classificação Indicativa: livre
Horário: 19h
R$ 12 | R$ 6

15 de setembro
Cineclube do Cinema Brasileiro
PELA JANELA

(Brasil/Argentina, 2018, drama, 87’)
Rosália é uma dedicada operária de 65 anos que dedicou a vida ao trabalho em um fábrica de reatores da periferia de São Paulo. Certo dia acaba demitida e é consolada pelo irmão José, com quem vive. Ele resolve levá-la em uma viagem de carro até Buenos Aires com o objetivo de distraí-la e no país vizinho Rosália vê pela primeira vez um mundo desconhecido e distante de sua vida cotidiana.
Classificação Indicativa: 10 anos
Horário: 16h
$ Gratuito
 

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: FCC

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar