07.11.2019Solar do Barão apresenta os vencedores do Prêmio Ibema

Está em cartaz no Solar do Barão a mostra A Arte Transformando o Mundo, com trabalhos dos 20 jovens vencedores do Prêmio Ibema Gravura – a iniciativa criada pela empresa paranaense de papel cartão para divulgar novos gravadores. A exposição poderá ser vista até 1º de março na Sala Gilda Belczak, no 1º andar do centro cultural. A entrada é franca.

O evento foi aberto na noite desta quarta-feira (6/11), durante coquetel que reuniu o executivo e idealizador do prêmio, Fernando Sandri, e a coordenadora desta edição, Lilian Queiroz; a comissão julgadora, formada pelos artistas plásticos Uiara Bartira e Jack Holmer e o coordenador do Museu da Gravura Cidade de Curitiba, Augusto Rando; e artistas. Entre eles estava Ana Carolina Veiga, da cidade metropolitana de Pinhais, e que foi a terceira colocada do evento com a linoleogravura Despertar. A artista é aluna da Faculdade de Artes do Paraná.

Os premiados se destacam entre quase 100 inscritos e têm origem em sete estados: Rio Grande do Sul (5), Minas Gerais (4), Paraná e Espírito Santo (3 de cada), Goiás e Pernambuco (2 de cada). Dez são mulheres, incluindo a primeira colocada – Nayana Camurça de Lima, da Universidade Federal de Uberlândia (Minas Gerais), com a linoleogravura Reexistir.

O local escolhido para a exibição dos trabalhos também guarda relação com a proposta do evento. A artista que dá nome à sala começou a atuar cedo nas artes visuais. Além de gravadora, foi cenógrafa e pintora. Morreu em 1969, com apenas 24 anos.

Serviço
Vencedores do 9º Prêmio Ibema Gravura
(mostra de artes visuais)
Local: Solar do Barão, Sala Gilda Belczak
Endereço: Presidente Carlos Cavalcanti, 533, Centro)
Visitação: até 1° de março de 2020
Horário: das 9h às 18h (de terça a sexta-feira) e das 12h às 18h (sábado e domingo)
Entrada franca
Classificação livre

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: FCC

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar