09.04.2019Semana Curitiba Lê segue com mais de 20 eventos até sexta

A Semana Curitiba Lê continua com uma programação gratuita, focada na formação de leitores, até sexta-feira (12/4). O evento especial é em comemoração aos nove anos do programa de leitura nos bairros da Prefeitura. A abertura aconteceu nesta segunda-feira (8/4), com a discussão sobre censura no livro infantil com a presença de Rosana de Mont’Alverne Neto.

São 22 eventos ao todo entre as programações especiais, oficinas e ações literárias para todos os interessados desde agentes de leitura, bibliotecários e professores a estudantes e crianças.

O tema desta edição ‘Acolhimento, resistência e diversidade’, engloba toda a programação. “A palestra de abertura representa bem os temas, muitas mudanças estão acontecendo e não conseguimos parar para debater. A Semana vem para questionar e conversar sobre temas que a sociedade não tem pensado”, comenta a coordenadora de literatura da Fundação Cultural de Curitiba, Mariane Torres.

“O livro infantil é a porta de entrada para o futuro leitor, é necessário ter um senso crítico, ensinando a criança a ler o mundo bem melhor do que se não tivesse os livros. A boa literatura é como vacinas que nos dá anticorpos para enfrentar situações mais duras, porque o mundo é cruel”, complementa a palestrante.

Professora de mestrado na Uniandrade, Greice Belim está inscrita em duas oficinas e quer aproveitar a Semana Curitiba Lê para renovar seu repertório. “Encontros como este são de fundamental importância para incentivar o hábito da leitura e levar as pessoas a repensar”, disse.

Programação

Nos próximos dias ainda estão previstas ações de destaques dentro da programação. Na noite desta terça-feira (9/4), às 19h, em parceria com o Litercultura, José Castello promoverá uma roda de leitura.

Ponto alto da programação é o pré-lançamento do romance Carta à Rainha Louca, da escritora Maria Valéria Rezende. A autora ministra a palestra Leitura: Caminho Aberto para Vários Mundos. Nela fala de sua vivência, que a leva percorrer quatro continentes formando novos leitores.

Maria Valéria, 77 anos, estreou na literatura em 2001, com o livro Vasto Mundo. Ganhou os prêmios Jabuti de 2009, 2013 e 2015, com livros nas categorias infantil, juvenil e romance. A obra Quarenta Dias foi considerada Livro do Ano de Ficção em 2015. O livro Outros Cantos ganhou em 2017 o Prémio Casa de las Américas.

Outra ação literária está prevista para ocorrer na quinta-feira (11/4), com a mesa-redonda sobre Ações de Leitura e Formação para o Sensível, com a presença de Bel Santos Mayer, Pierre André Ruprecht e Flávio Stein.

Estão previstos ainda outros eventos, como cursos gratuitos sobre temas diversos e rodas de leitura, contação de histórias e varal literário nas Casas da Leitura das dez Administrações Regionais da cidade.

Serviço: Semana Curitiba Lê 9 Anos
Programação da Capela Santa Maria:
9/4 – Palco da Leitura, com José Castello
10/4 – Palestra e pré-lançamento do romance Carta à Rainha Louca, com Maria Valéria Rezende (PB)
11/4 – Mesa-redonda: Ações de leitura e formação para o sensivel: ou como resistir às adversidades, com Bel Santos Mayer, Pierre André Ruprecht e Flávio Stein
Entrada gratuita

Flash mob O Leitor
Data: sexta-feira (12/4)
Horário: das 16h às 17h
Local: Praça Rui Barbosa
Evento gratuito

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar