13.02.2020Quase tudo pronto para o corso carnavalesco deste sábado

A dois dias do desfile do corso carnavalesco – carreata formada por veículos antigos que promete agitar as ruas do Batel e do Centro, apoiada pela Prefeitura – já tem folião com quase tudo pronto para o evento. Os carros estão brilhando e começam a ser ornamentados com fitas, serpentinas e adereços, enquanto as fantasias vão sendo entregues pelas costureiras.

O corso sairá neste sábado (15/2), às 15h30, da Praça da Espanha (lateral da Rua Coronel Dulcídio), no Bigorrilho. O comerciante Sebastião Arantes, dono de um Ford Bigode 1928, está pronto para a festa. Com 92 anos de fabricação, a relíquia é o mais antigo veículo cadastrado pelo Elas Clube – grupo inicialmente formado só por mulheres e que, em 2018, liderou a retomada da antiga tradição carnavalesca. “É um prazer”, diz Arantes.

A sensação é a mesma dos casais Jaçanã Loja e Ubirajara Gouvêa, dono de um Volkswagen SP2 1975, e de Glenys Bessler e Jacobson Borowski, donos do fora de série Ford Ka 2003 conversível. Animados, eles esperam reunir no evento cerca de 100 carros. Amigos de longa data, querem resgatar os antigos carnavais frequentados por pessoas de todas as idades.

O local estará decorado pela Fundação Cultural de Curitiba (FCC) com dois portais. A FCC também enviará para a festa um grupo de músicos da Banda Lyra Curitibana. Eles permanecerão na praça, animando a tarde do público. A Secretaria Municipal do Meio Ambiente providenciará banheiros químicos.

Para sair no corso

Os interessados devem possuir um carro raro ou antigo (com 30 anos ou mais de fabricação) e se apresentar na concentração do evento meia hora antes da largada para o credenciamento. No local, pagarão uma taxa de R$ 20 e receberão um selo para fixação no parabrisa.

A receita resultante dos veículos cadastrados será empregada em ações sociais como a compra de roupas ou material escolar para pessoas de baixa renda. “Tudo depende do quanto arrecadarmos”, explica Glenys, presidente do Elas Clube, que espera atrair as famílias curitibanas.

“Que venham adultos, crianças e até bichos de estimação, desde que fantasiados e acomodados de acordo com as normas de trânsito. Vai ser uma diversão saudável e sem álcool”, convida Glenys.

Para a brincadeira pré-carnavalesca, a referência são os carnavais da primeira metade do século passado. Os participantes percorrerão o trajeto cantando antigas marchinhas e, das janelas dos veículos, lançarão confete e serpentina.

Um carro de som estará à frente do corso, que deverá demorar 28 minutos para percorrer 6,9 quilômetros.

Itinerário

Da Rua Coronel Dulcídio, o corso seguirá pelas ruas Saldanha Marinho, Presidente Taunay e Vicente Machado, até a Praça Osório. O desfile continuará pela Alameda Cabral, ruas Cruz Machado e Ébano Pereira e Avenida Luiz Xavier, na Boca Maldita.

De lá começará o retorno pelas ruas Carlos de Carvalho, Desembargador Motta, Benjamin Lins, Avenida Batel e ruas Costa Carvalho e Vicente Machado até a Coronel Dulcídio, novamente na Praça da Espanha.

Na volta à praça serão premiados o carro melhor ornamentado e a melhor fantasia.

 

Serviço: Corso pré-carnavalesco
Data: 15/2 (sábado)
Local: Praça da Espanha (lateral da Rua Coronel Dulcídio)
Horários: 15h (concentração/credenciamento) e 15h30 (largada)
Taxa social: R$ 20

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar