20.01.2020Prefeitura define diretrizes para organização e segurança no Carnaval

A Prefeitura está pronta para oferecer aos foliões um Carnaval seguro e sadio. Nesta sexta-feira (17/1), o prefeito Rafael Greca definiu as diretrizes para o Carnaval de Curitiba 2020 em uma mesa de governo com a Polícia Militar do Paraná e órgãos municipais.

“Vamos garantir as melhores e condições para nossos foliões. Estimamos o nosso Carnaval como uma festa familiar, um momento de lazer coletivo, com segurança pública e infraestrutura”, destacou o prefeito.

Foram apresentadas as estratégias de segurança da PM em conjunto com a Guarda Municipal para evitar imprevistos nos locais de eventos da folia, antes, durante e após os quatro dias do Carnaval e nos festejos do pré-carnaval.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Péricles de Matos, reforçou que a parceria com o município assegura a diversão da população. “Precisamos que as famílias de Curitiba retornem às ruas e aproveitem o espaço público da cidade renovado por sua administração municipal”, disse.

Com a presença de representantes da Setran, das secretarias municipais do Meio Ambiente e do Urbanismo, Fundação de Ação Social (FAS), Fundação Cultural de Curitiba (FCC) e do BPTran, foi definido que será feita a fiscalização do comércio de ambulantes; a limpeza das ruas após os eventos; a entrega de pulseiras de identificação para crianças; e blitzes informativas contra a exploração do trabalho infantil durante da programação do Carnaval de Curitiba 2020.

Centro Histórico

O principal eixo da folia do Carnaval 2020 é o Centro Histórico da cidade. Especialmente para os foliões que vão aproveitar o Carnaval com os blocos, dois circuitos oficiais foram traçados pela Prefeitura.

O primeiro tem concentração na Praça 19 de Dezembro e percurso pelas ruas Riachuelo, São Francisco, Largo da Ordem e dispersão nas Ruínas de São Francisco. O outro sai da Praça Generoso Marques, faz o percurso pelas ruas Riachuelo, São Francisco, Largo da Ordem, e dispersão nas Ruínas de São Francisco.

“Os blocos são instrumento de revitalização do Centro Histórico e vejo como uma força altamente positiva. Eu adoro os blocos. Quando eu era jovem, criei a Banda Polaca, com o cartunista Dante Mendonça”, lembrou Greca.

Para incentivar a participação dos blocos carnavalescos no pré-carnaval e no Carnaval curitibano, este ano, a Prefeitura abriu edital para o cadastramento dos grupos.

Cadastramento

Os blocos que se cadastrarem vão poder utilizar os circuitos oficiais e contar com apoio de infraestrutura básica fornecida pela Prefeitura, visando maior segurança em suas apresentações.

A indicação é que blocos carnavalescos com menos de 2 mil integrantes que saem às ruas durante o período de pré-carnaval (de 3 de janeiro a 16 fevereiro) se cadastrem junto à FCC até a quarta-feira que antecede a saída do bloco.

Os circuitos poderão ser utilizados às sextas-feiras, a partir das 20h, e sábados e domingos a partir das 16h, até o dia 16 de fevereiro.

Mais informações sobre o cadastramento, roteiros e demais procedimentos estão disponíveis no edital: clique aqui.

Presenças
Entre os presentes à reunião desta sexta-feira (17/1), estiveram a presidente da FCC, Ana Cristina de Castro, a secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza Dias; o superintendente da Defesa Social, Odegar Nunes; o diretor da Guarda Municipal, Carlos Celso dos Santos Junior; a superintendente de Trânsito da Setran, Rosangela Battistella; e o superintendente da FAS, Heitor Manfrinato.

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: SMCS

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar