20.01.2020Popular e erudito se misturam em pedaladas pelas ruas de Curitiba

 O caminho entre o centro da cidade e o Bosque do Papa, no Centro Cívico, virou neste domingo (19/1) um circuito musical sob duas rodas. O Bicicletando, passeio que junta música e bicicleta teve a presença de mais de 100 ciclistas, que aproveitaram cada parada para curtir um apresentação, da viola caipira ao jazz.

A largada aconteceu na Praça de Bolso, onde os ciclistas foram recepcionados pelo trio de viola Serra Acima formado por Junior Bier, João Triska e Emiliano Pereira. No repertório, canções próprias e de autores como Gedeão da Viola, Waltel Branco, João Lopes e Ernesto Nazareth embalaram as pedaladas.

O bicicletando é uma das 250 atrações da 37ª Oficina de Música de Curitiba, que segue até o próximo domingo com uma intensa programação.

No Bosque do Papa, a pianista Vânia Pimentel recebeu os ciclistas e o público com um recital do maestro e compositor Heitor Villas-Lobos, executando obras como A Bruxa, A Alma Brasileira – choro número 5 e a Dança do Índio Branco.

O músico Marcos Paulo de Carvalho pedalou com a família e elogiou a iniciativa da Prefeitura de Curitiba com a Oficina. "Poder integrar a música à bicicleta e com a família é a combinação perfeita e a Oficina de Música está toda maravilhosa".

Quem seguiu com o Bicicletando foram os instrumentos produzidos durante a mini-oficina de Biciclados e Reciclados, que aconteceu nos primeiros dias da Oficina de Música.

Os integrantes da orquestra de bicicletas executaram obras de Beethoven, o homenageado da Oficina de Música pelos seus 250 anos.

No Museu Oscar Niemeyer (MON) teve concerto com o quarteto de cordas da Universidade Técnológica Federal do Paraná (UTFPR), regidos pelo violinista e professor Enaldo Oliveira que apresentou a obra Opus 18 número 4, composta por Beethoven quando tinha 20 anos.

“A Oficina de Música é um enorme sucesso. Essa união entre o erudito e o popular, acontecendo ao mesmo tempo, traz um enriquecimento cultural para todos nós. É um grande prazer poder realizar essa união”, disse Oliveira.

A última parada foi na Caixa Cultural, perto da praça Santo Andrade, no centro. Lá a banda Gringo’s Washboard Band apresentou a música de New Orleans, do jazz ao blues. A banda curitibana encantou os ciclistas que dançaram e cantaram embalados pelos ritmos populares dos Estados Unidos, fechando o passeio.

Parceria

A 37ª Oficina de Música de Curitiba é uma realização da Prefeitura de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba, do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (Icac), da Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania e governo federal. O evento tem patrocínio máster da Caixa Econômica Federal, apoio cultural da Família Farinha, Comunidade Luterana Igreja de Cristo, Igreja Bom Jesus dos Perdões, Universidade Estadual do Paraná (Unespar), Bicicletaria Cultural, Universidade Federal do Paraná, Lamusa – Laboratório de Música Sonologia e Áudio, Sistema Fiep, Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proec), HOG The One Curitiba, Solar do Rosário e apoio máster do Teatro Guaíra e Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).

 

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: SMCS

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar