27.03.2018Plano setorial de Design é apresentado em encontro de cidades criativas

O I Encontro de Cidades Criativas Brasileiras (ECriativa) da Unesco, que aconteceu na sexta-feira (23/03) em João Pessoa, contou com a participação de representantes da Fundação Cultural de Curitiba e do Conselho Municipal da Cultura, que apresentaram o Plano Setorial de Design do município.

O diretor de Ação Cultural da Fundação, Beto Lanza e o conselheiro municipal da área de design, Túlio Filho, participaram da rodada de troca de experiência sobre o tema, com a mediação da professora Cláudia Leitão. A dupla ainda participou da reunião preparatória para o Encontro das Cidades Criativas da Unesco, que acontece em São Paulo, em novembro, por ocasião do MICSUR (Mercado das Indústrias Criativas da América do Sul).

Beto Lanza apresentou as ações desenvolvidas pela Fundação Cultural para o fortalecimento do plano setorial do design curitibano e discorreu sobre a criação da coordenação de Novas Linguagens na instituição, que engloba as áreas do design, da gastronomia e da economia criativa. Já o presidente da Agência Curitiba, Frederico Lacerda, mostrou como a rede de inovação da capital, idealizada pelo prefeito Rafael Greca e que completou um ano, vem atuando em conjunto para desenvolver tecnologias e soluções, que mudam o dia a dia das pessoas e da própria cidade. A FCC é parceira em várias ações do projeto Vale do Pinhão apresentado no evento.

No encontro, a representante do Ministério da Cultura (MinC) informou sobre o lançamento de Edital para criativos participarem das rodadas de negócios que vão ocorrer no MICSUR. Curitiba é uma das cidades convidadas, já que desde 2014 o município faz parte da Rede Mundial de Cidades Criativas da Unesco com o selo cidade design. Junto com Curitiba, participam deste seleto grupo, na categoria design, cidades como Buenos Aires (Argentina), Nagoya (Japão), Shenzhen (China), Shangai (China), Bilbao (Espanha) e Graz (Áustria).

O evento em João Pessoa teve o objetivo de promover a troca de experiências entre os municípios do país que integram a Rede Mundial de Cidades Criativas. Foi a primeira vez que cidades brasileiras se reuniram para compartilhar experiências nos diferentes segmentos da economia criativa, setor econômico que tem como base a criação, produção e a distribuição de bens e serviços por meio da criatividade e da cultura.
O encontro ocorreu no auditório da Estação das Artes e contou com a participação de Isabel de Paula coordenadora de Cultura da Unesco no país; e de Andreia Santos Guimarães, do Ministério da Cultura. Além de outras cidades criativas brasileiras: Curitiba (Design), João Pessoa (Artesanato e Cultura Popular), Brasília (Design), Florianópolis (Gastronomia), Paraty (Gastronomia) e Santos (Cinema).
 

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar