01.07.2011Oficinas do Circo da Cidade movimentam as férias de julho

Oficinas de arte circense estão entre as opções para a garotada aproveitar o período de férias escolares. Na terça-feira (5), o Circo da Cidade "Zé Priguiça", unidade da Fundação Cultural de Curitiba instalada no Alto Boqueirão, inicia novas turmas para jovens vindos de escolas da Rede Municipal de Ensino e da comunidade em geral. Os participantes, na faixa etária de 7 a 17 anos, terão 40 horas de aulas até o dia 27 de julho, com atividades pela manhã e à tarde.

A responsável pelo repasse das técnicas circenses a 100 alunos é a companhia Coutinho e Gabardo Empreendimentos Artísticos, selecionada por meio do Edital de Difusão em Circo do Fundo Municipal da Cultura. Visando ao desenvolvimento pessoal dos participantes, sem o intuito de profissionalização, as oficinas mostram como a arte do circo pode ser aproveitada no dia a dia.

Na programação consta também o espetáculo "Malabarizando", com nove sessões agendadas para alunos de escolas públicas curitibanas e entidades sociais de todas as Regionais da cidade, além de uma apresentação aberta à comunidade, que acontece às 15h do dia 23 de julho de 2011, com entrada franca. A montagem narra o cotidiano de três malabaristas que utilizam de forma habilidosa e inusitada os objetos a sua volta para realizar tarefas de suas profissões.

Serviço:

Circo da Cidade "Zé Priguiça"

Oficinas de arte circense a cargo da companhia Coutinho e Gabardo Empreendimentos Artísticos.

Local: Rua Benedicto Siqueira Branco, s/n - Alto Boqueirão (próximo ao Armazém da Família Jardim Paranaense) - telefone: (41) 3287-5307

Dias e horários: dias 5, 11, 12, 13, 18, 19, 20, 25, 26 e 27 de julho de 2011, com aulas pela manhã (das 9h às 10h e das 10h às 11h) e à tarde (das 14h às 15h e das 15h às 16h).

A companhia apresenta também o espetáculo "Malabarizando", com nove sessões agendadas para alunos de escolas públicas curitibanas e entidades sociais, além de uma apresentação aberta à comunidade, às 15h do dia 23 de julho de 2011, com entrada franca.

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar