18.01.2013Marcos Cordiolli participa de reunião no MinC sobre ações culturais na Copa de 2014

O presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli, participou na última quinta-feira (17), em Brasília, da reunião convocada pela ministra da Cultura, Marta Suplicy, com secretários estaduais e municipais de Cultura e com coordenadores dos Grupos de Trabalho das cidades-sede da Copa do Mundo de Futebol de 2014. O encontro serviu para apresentar aos secretários o plano estratégico de atuação do MinC na Copa das Confederações em 2013 e na Copa do Mundo de 2014, visando a formulação das agendas culturais das cidades durante a Copa.

Em colaboração com as estruturas estaduais e municipais, o MinC tem o objetivo de realizar o maior festival da cultura brasileira, mostrando para os visitantes e para os outros países as diversas faces culturais do Brasil. Além de Marcos Cordiolli, representando Curitiba, participou da reunião o secretário especial para Assuntos da Copa do Mundo 2014, do governo do Paraná, Mário Celso Cunha.

“Vamos formular um plano de ação no município e constituir um comitê para pensar a intervenção cultural na Copa”, disse Cordiolli. De acordo com o presidente da FCC, será feito um planejamento para a ocupação cultural da cidade, direcionando boa parte das políticas de fomento e apoio para a promoção de eventos, inclusive aproveitando o potencial das tradições étnicas de Curitiba.

Uma das preocupações, segundo ele, será a de modernizar os museus para que recebam mais público. “Vamos apresentar ao Ministério da Cultura um plano de modernização dos nossos museus, prevendo acessibilidade, digitalização de acervos, acolhimento dos visitantes. Será um plano para fortalecer esses equipamentos culturais”, disse.

A programação cultural, conforme a proposta do MinC, será dividida em quatro eixos: Brasil Audiovisual, Brasil Criativo, Brasil Diverso e Brasil das Artes. O MinC deverá lançar editais de conteúdo para montar a programação cultural nas cidades. Os eventos vão aproveitar os espaços públicos, como parques e praças, os equipamentos culturais já existentes, e também vão acontecer nas Fifa Fan Fest, que são áreas oficiais de transmissão de jogos que ficarão próximas aos principais pontos turísticos. Além disso, há projetos para a circulação da produção cultural pelas cinco regiões do país.
 

Autor: Imprensa/FCC

Fonte: Fundação Cultural

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar