04.07.2011Livro retrata a paisagem ferroviária de Curitiba

A equipe do projeto Paisagens Ferroviárias de Curitiba, contemplado pelo edital Identificação e Registro, do Fundo Municipal de Cultura, lança na próxima quarta-feira (6), às 18h30, no Memorial de Curitiba, o livro e o site que resultam da pesquisa realizada pelo grupo ao longo de 2010. Com uma narrativa leve e acessível, o livro Pelos Trilhos: paisagens ferroviárias de Curitiba e o site www.pelostrilhos.net trazem a público a história dos dois ramais ferroviários que cortam a cidade – Curitiba-Paranaguá e Curitiba-Rio Branco.

A pesquisa concentrou-se na paisagem ferroviária central de Curitiba, formada pela antiga estação ferroviária e pelos prédios relacionados à Rede Ferroviária Federal (RFFSA), pelas estruturas de comércio e prestação de serviços decorrentes da existência das estradas de ferro e pelas fábricas da região do Rebouças que durante muito tempo estiveram ligadas à malha ferroviária. O conhecimento desses elementos é considerado indispensável para a compreensão do processo de ocupação e urbanização da cidade.

O livro e o site são complementares, embora possam ser acessados de forma independente: a narrativa textual do primeiro é complementada pela narrativa imagética do segundo e vice-versa. Para que possam ser acompanhados simultaneamente, os dois têm um mesmo eixo e lógica narrativa: o deslocamento pelas linhas férreas Curitiba-Paranaguá e Curitiba-Rio Branco e através dos circuitos formados pelas edificações relacionadas à malha ferroviária.

O livro Pelos Trilhos: paisagens ferroviárias de Curitiba é de autoria de Dayana Zdebsky de Cordova (coordenadora do projeto), Aline Iubel, Fabiano Stoiev e Leco de Souza e editado pela Fundação Cultural de Curitiba. O site www.pelostrilhos.net é dos mesmos autores e disponibilizará gratuitamente para download, a partir da data de seu lançamento, o livro em formato virtual (pdf) e o Relatório de Paisagem Material, de autoria dos arquitetos e urbanistas Gabriel Gallarza e Maria Baptista. Este último é um inventariado e análise de tendências arquitetônicas e urbanísticas que foi uma das bases da pesquisa e reflexões realizadas pelo restante da equipe do projeto.

A pesquisa considerou dados materiais e imateriais; narrativas textuais, orais e imagéticas; informações arquitetônicas, historiográficas e etnográficas. Para tanto, contou com uma equipe multidisciplinar formada por duas antropólogas (Aline Iubel e Dayana Zdebsky de Cordova), dois arquitetos e urbanistas (Gabriel Gallarza e Maria Baptista), um historiador (Fabiano Stoiev) e um fotógrafo (Leco de Souza), além de outros profissionais (arquitetos, historiadores, geógrafo e designers) que deram suporte para a equipe durante a pesquisa e na construção dos produtos culturais decorrentes do projeto.

 

Serviço:

Lançamento do livro Pelos Trilhos: paisagens ferroviárias de Curitiba e do site ww.pelostrilhos.net.

Local: Memorial de Curitiba – Rua Claudino dos Santos, 79 – Largo da Ordem (Setor Histórico)

Data: 6 de julho de 2011 (quarta-feira), às 18h30

Entrada franca

 

 

 

 

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Projeto Paisagens Ferroviárias de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar