19.02.2020Gerações se encontram para sambar e aprender em aula de cultura

 Um encontro de gerações com reis, unicórnios, piratas, super-heróis, princesas, máscaras coloridas, confetes, serpentina e muita animação. Foi em clima de Carnaval que 300 estudantes de quatro escolas municipais e integrantes do Centro de Atividades da Pessoa Idosa (Cati) da Regional Santa Felicidade participaram de uma divertida atividade sobre cultura brasileira: a aula de iniciação ao samba promovida pela Prefeitura nesta quarta-feira (19/2), na Rua da Cidadania de Santa Felicidade.

Participaram estudantes das turmas dos 4º e 5º anos das escolas municipais João Stival, Pedro Dallabona, Raul Wallemberg e Professora Sônia Kenski, além do grupo Cati. As idosas também fazem parte do bloco carnavalesco Rancho das Flores, formado por foliões da terceira idade.

“Agradeço os curitibinhas que vieram com fantasias tão bonitas alegrar a nossa festa de Carnaval. Tem mascarado, gorila, fadas e piratas. Vamos todos dançar”, convidou o prefeito Rafael Greca.

Ele brincou e dançou com as crianças e idosos que lotaram a quadra poliesportiva, caprichosamente decorada para a ocasião. Um camarim de maquiagem foi montado pelo núcleo regional da Educação para valorizar o brilho e encantamento dos rostinhos das crianças.

Selfie
Um canto com chapéus, tiaras e assessórios coloridos foi organizado para quem quisesse fazer uma “selfie”. Parte dos adereços da decoração foi produzido pelas integrantes dos grupos de atividades para a terceira idade da Fundação de Ação Social (FAS).

“Que festa bonita, que alegria participar desse evento que vai colocando a gente no clima do Carnaval”, disse a aposentada Izaura dos Santos Machado, 73 anos.

Aprender mais sobre o samba deixou a dona Izaura animada. “Gosto do samba e por isso me fez muito bem relembrar a história desse ritmo que alegra tanto o nosso Brasil”, afirmou a aposentada.

O objetivo do evento foi apresentar aos estudantes de uma forma divertida a história do samba e a importância do gênero como símbolo maior de cultura do país.

Ritmo popular
Um espetáculo encenado por um trio de atores e músicos do Conservatório de MPB mostrou as origens do ritmo, desde o nascimento com os sambas de roda, no Nordeste do Brasil, passando pelas diversas influências, como a polca, o lundu e o xote, até chegar à sua expressão máxima urbana no Rio de Janeiro.

As crianças conheceram grandes compositores brasileiros, como Mestre Donga, João da Baiana, Sinhô, Noel Rosa, Paulinho da Viola, Cartola e Adoniran Barbosa, além de Palminor Rodrigues Ferreira, o Lápis, curitibano de renome nacional.

O Curitibinha e a Curitibinha, personagens que representam as crianças da cidade, receberam os estudantes e fizeram brincadeiras animadas. Outra atração foi o cortejo real do Carnaval de Curitiba, formado pelo rei momo, Felipe Júnior Oliveira de Souza Frausino, morador do Butiatuvinha, na Regional Santa Felicidade, a rainha Jéssica de Almeida Barbosa e as princesas Joyce Kelly Alves Ramiro dos Santos e Edna dos Santos Souza.

“Fui aluno de escolas municipais da região e estar aqui com as crianças como rei momo foi uma grande alegria”, disse Frausino.

A estudante Eluize Massucado, da Escola Municipal CEI Pedro Dallabona, usou uma fantasia produzida com zelo pela mãe. Retalhos de tule, fitas e criatividade foram transformadas em uma roupa de palhaça exclusiva.

“Minha mãe aproveitou materiais que a gente tinha em casa e fez essa fantasia maravilhosa, eu amei. Está perfeita para esse dia tão feliz”, disse Eluize.

Nikolas Monteiro da Silva, da Escola Municipal João Stival, foi ao evento com uma fantasia de bruxo africano providenciada pela mãe. "Que dia de aula mais legal. Queria aprender todo dia assim”, disse Nikolas.

Cultura brasileira
As aulas de história do samba estão acontecendo nas dez Administrações Regionais e são uma parceria entre a Secretaria Municipal da Educação e a Fundação Cultural de Curitiba (FCC). O objetivo é aprender sobre a cultura brasileira em outros espaços diferentes da escola.

Participaram da aula em Santa Felicidade a presidente da FCC, Ana Cristina de Castro, a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, a administradora regional de Santa Felicidade,, Simone Chagas Lima, o administrador regional do Bairro Novo, Fernando Werneck, a assessora do gabinete do prefeito, Cinthya Maia, e o vereador Colpani.

Próximas regionais a receber a aula de iniciação ao samba
Dia 20/2 – Boqueirão (10h30) e Cajuru (15h)
Dia 21/2 – Pinheirinho (10h30) e Bairro Novo (15h)

 

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: SMCS

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar