07.02.2020Escolha do cortejo real abre o Carnaval 2020 em Curitiba. Conheça os eleitos

 A escolha do cortejo real abriu o calendário oficial do Carnaval 2020 na cidade, no início da madrugada desta sexta-feira (7/2), no Memorial de Curitiba. A faixa de rei momo ficou com Felipe Júnior Oliveira de Souza Frausino, enquanto a de rainha foi para Jéssica de Almeida Barbosa. Completam o séquito as princesas Joyce Kelly Alves Ramiro dos Santos e Edna dos Santos Souza.

Os vencedores foram escolhidos por sete jurados atuantes na área artística, convidados pela Comissão de Carnaval da Fundação Cultural de Curitiba (FCC), e anunciados ao som de um grupo de ritmistas e cantores da Escola de Samba Mocidade Azul, campeã do Carnaval 2019.

“Não foi fácil escolher os candidatos que melhor sambavam, os mais simpáticos e desenvoltos na apresentação ao público”, observou o presidente da comissão, Jaciel Teixeira.

Cada jurado podia atribuir de 5 a 10 pontos por quesito para cada candidato. Na apuração, foram somados os pontos dados a cada candidato, em cada quesito, pelos sete jurados. A pontuação máxima para o rei era de 210 pontos e, para rainha, de 280.

Os melhores
Com apenas 25 anos e de aparência diversa dos reis momos tradicionais, já que é esbelto, Felipe Júnior obteve dos jurados 204 pontos. Ele recebeu a faixa da presidente da Fundação Cultural, Ana Cristina de Castro. “Que venham dias de muita alegria com saúde para as pessoas, o melhor Carnaval”, desejou o vencedor, que é de Rondônia.

A faixa de primeira princesa foi dada a Joyce Kelly pelo diretor artístico da FCC, o teatrólogo Édson Bueno. Com 34 anos, ela é de Curitiba e obteve 266,6 pontos. Para Joyce, o título de princesa representa “uma sensação maravilhosa, com o desejo de representar à altura da cidade o nosso Carnaval.”

Segunda princesa, Edna somou 264,9 pontos e recebeu a faixa do presidente da Liga das Escolas de Samba, Jefferson Pires. Fluminense de Campos, ela tem 26 anos e diz que o carnaval curitibano está crescendo. “Estou aqui há cinco anos e noto isso, assim como a presença forte das famílias nos eventos.”

Foi acompanhada da família que a rainha do Carnaval 2020, Jéssica Barbosa, compareceu ao concurso. Ela recebeu 275.5 pontos do júri e, durante toda a disputa, teve ao lado os filhos Eros Henrique, de 13 anos, e Maya Serena, de 5. “São meus companheiros e incentivadores”, disse. Com 33 anos e natural de São Paulo, Jéssica recebeu a faixa do diretor de Ação Cultural da FCC, Beto Lanza.

Participaram do concurso dez mulheres e sete homens nascidos em cinco estados. As candidatas a rainha tinham entre 26 e 45 anos, enquanto os pretendentes a rei entre 24 e 59 anos. Além do Paraná, havia representantes do Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia e Rondônia, hoje residentes em Curitiba e municípios da Região Metropolitana.

 

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar