11.11.2014Entidades firmam parceria para fortalecer mercado de audiovisual em Curitiba

O setor audiovisual local deu na noite desta segunda-feira (10) um passo importante para o seu fortalecimento. Nove entidades assinaram um termo de cooperação técnica, com o objetivo de fomentar o mercado. O evento foi realizado na sede do Sebrae/PR e reuniu dezenas de profissionais e lideranças empresariais. Entre as entidades que formam o Grupo Estratégico do Mercado Audiovisual de Curitiba (Gemac) estão a Agência Curitiba de Desenvolvimento e a Fundação Cultural de Curitiba.

Durante a solenidade também foi lançada a logomarca que passará a identificar as produções. “É um selo de qualidade da indústria audiovisual curitibana”, informou a presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento, Gina Paladino, que fez a apresentação do plano estratégico e da logomarca. “A marca representa os quatro pilares que sustentam este setor: inovação, criatividade, qualidade e negócio”, disse Gina.

Ela comentou que o audiovisual é, dentro da economia criativa, um dos segmentos mais promissores da cidade dado seu histórico, competências e nível de criatividade. “Somos uma floresta de bonsais, que precisam crescer”, disse Gina. Ela explicou que as pesquisas mostram que o segmento, apesar de promissor, precisa avançar na geração de negócios, sendo mais relevante para o PIB da cidade. “Nosso papel nesse projeto será o de trabalhar as questões econômicas ligadas ao setor.

Grupo estratégico

A meta principal do Gemac é transformar Curitiba em uma referência da indústria criativa do audiovisual alinhada à necessidade do mercado global, com foco em produções de seriados e reality shows locais. O grupo surgiu após o Sebrae promover um diagnóstico do mercado dentro do seu projeto Economia Criativa do Audiovisual e, por conseqüência, fazer o convite para que instituições representativas elaborassem o plano para fortificar o setor.

Com a assinatura do termo de cooperação, cada instituição do Gemac desenvolverá as ações do Planejamento Estratégico proposto, que envolve: capacitação dos profissionais, empresários e lideranças do setor; ampliações mercadológicas; fomento de recursos e ações ligadas ao protagonismo político.

Durante o evento, o presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli, falou sobre a importância da construção coletiva feita pelo Gemac. “Este dia de hoje é extremamente importante para nós, pois mostra a grande unidade desta categoria”, disse. “Curitiba tem um grande potencial audiovisual e essa ação conjunta converge para um bem comum maior”.

Para o diretor superintendente do Sebrae/PR, Vitor Roberto Tioqueta, a assinatura do termo de cooperação concretiza um importante trabalho desenvolvido pelo setor. “Em conjunto poderemos trabalhar muito mais neste setor local, que tem tanto potencial”, comentou. “Queremos ter empresas sólidas, saudáveis e desenvolvidas, que possam produzir muito”, disse.

A presidente do Siapar, Laura Dalcanale, comentou que a assinatura do termo de cooperação técnica é, sem dúvida, uma das iniciativas mais importantes que ocorreram no mercado, por reunir entidades de diferentes expertises e talentos.

“Todos eles com a missão de realizar um Plano Mobilizador que mudará a história do audiovisual curitibano, sendo que somos considerados uma indústria de alto potencial na Economia Criativa”, disse Laura.

O Gemac é formado pela Agência Curitiba de Desenvolvimento, Fundação Cultural de Curitiba, Sebrae/PR, Fiep-PR, Sesi, Fecomércio-PR, Sesc-PR, Sindicato da Indústria Audiovisual do Estado do Paraná (Siapar) e Associação de Cinema e Vídeo do Paraná (Avec).

Entre outras autoridades, também participaram da solenidade o presidente da Fecomércio-PR, Darci Piana; o presidente da Fiep-PR, Edson Luiz Campagnolo; o superintendente do Sesi-PR, José Antônio Fares; a coordenadora de Economia Criativa do Audiovisual do Sebrae nacional, Débora Mazzei; o secretário estadual de Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Horácio Monteschio; o presidente do Instituto Municipal de Turismo, Caíque Ferrante; o diretor presidente da Associação de Vídeo e Cinema do Paraná (Avec), João Castelo Branco Machado, e o diretor de Operações do SebraePR, Júlio César Agostini.

Autor: SMCS

Fonte: SMCS

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar