09.12.2015Dia do Palhaço é comemorado com alunos da Rede Municipal de Ensino

Para comemorar o Dia do Palhaço e marcar o encerramento da temporada 2015, o Circo da Cidade Zé Priguiça recebeu nesta quinta-feira (10) centenas alunos da Rede Municipal de Ensino para ver o espetáculo "Circulo: Uma História Sobre Rodas". Viabilizado pelo Fundo Municipal da Cultura, a apresentação da Cia Giro Duplo mostra um pouco da relação do homem com a bicicleta.

O medo, a confiança e a liberdade são alguns dos sentimentos tratados no espetáculo que foi todo construído a partir da bicicleta. Além do cenário e dos objetos de cena, a bike também está presente na trilha sonora que é tocada com instrumentos construídos com partes de bicicleta.

Ano especial - Em julho deste ano, o espaço instalado no bairro Alto Boqueirão ganhou uma nova lona com 21 metros de diâmetro nas cores azul e laranja, e também uma nova tenda de apoio e um novo portal de entrada.  A Fundação Cultural de Curitiba aproveitou o período de férias escolares para fazer a troca das lonas e do portal, a um custo total de R$ 96 mil. Com isso, garantiu a continuidade das atividades do circo, que oferece oficinas circenses para crianças carentes e promove espetáculos para a comunidade de várias regiões da cidade.

A cobertura foi confeccionada sob medida e substitui a lona adquirida em 2007, que já estava com a sua vida útil vencida. Os demais equipamentos – ferragens, arquibancadas, palco, aparelhos de iluminação e sonorização – foram mantidos, pois são itens permanentes (também foram adquiridos em 2007) e estão em boas condições. O equipamento cobre uma área de aproximadamente 500 metros quadrados e as arquibancadas comportam cerca de 300 pessoas ou 350 crianças.

Oficinas e espetáculos – As atividades do Circo da Cidade são realizadas por companhias teatrais e circenses selecionadas por editais de Produção, Difusão e Formação em Circo do Fundo Municipal da Cultura. Os editais possibilitam a promoção de 150 espetáculos gratuitos para a comunidade durante um ano, além de 550 horas anuais de oficinas de circo para crianças – atividades que reúnem um público estimado em 60 a 65 mil pessoas. As oficinas que ensinam todas as modalidades de arte circense (acrobacias, equilibrismo, malabarismo, entre outras) atendem de 60 a 100 crianças em dois períodos, pela manhã e à tarde.

Autor: Assessoria de Imprensa da FCC

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar