17.02.2020Desfile de carros antigos pelas ruas centrais mostra que Curitiba tem Carnaval

Um desfile de carros antigos, especiais e fora de série animou a tarde ensolarada deste sábado (15/2) e levou muita gente para a Praça da Espanha, no Batel, local de concentração do evento. Foi o 3º Corso Carnavalesco promovido pelo Elas Clube e, desta vez, realizado com apoio da Prefeitura.

A última quadra da Rua Coronel Dulcídio estava ornamentada com dois portais instalados pela Fundação Cultural e, no centro da praça, a Banda Lyra tocou marchinhas desde às 15horas até o final da tarde. O desfile saiu pontualmente às 15h30 e levou menos de meia hora para percorrer quase sete quilômetros. Da praça, o corso saiu em direção à Boca Maldita e de lá, voltou para o Batel, passando pela pracinha de mesmo nome.

Com baile e a presença do Cortejo Real – Rei Momo, Rainha e as duas princesas do Carnaval de Curitiba 2020 – a brincadeira continuou depois do retorno do corso, que reuniu 80 veículos.

“É um evento pensado para as famílias, com boa música e muita diversão”, definiu a organizadora do corso e presidente do Elas Clube, Glenys Bessler.

Ela entregou prêmios simbólicos aos destaques do desfile – o de melhor carro para a jardineira Chevrolet 1929, o segundo veículo mais antigo da carreata, e o de melhor traje para o grupo de amigas que se fantasiaram de policiais e desfilaram no carro de som. A presidente da Fundação Cultural, Ana Cristina de Castro, representou o prefeito Rafael Greca e cumprimentou os participantes do Elas Clube pela iniciativa.

Mais antigo parque da cidade, o Passeio Pùblico também teve atividade de Carnaval organizada pela Prefeitura. Foi a segunda tarde de cultura brasileira e samba, promovida pela Fundação Cultural no coreto do local e também com a presença da família real do carnaval curitibano. Adultos e crianças participaram do evento, que misturou teatro, marchinhas e sambas. Neste domingo (16/2), o evento acontece às 12h, no Memorial de Curitiba.

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar