21.01.2019Curitibanos aproveitam concertos gratuitos ao ar livre

O tempo nublado deste domingo (20/1) não intimidou curitibanos que saíram de casa para aproveitar shows e concertos da Oficina de Música espalhados, desde o início do dia, por parques e bosques da cidade. Famílias participaram do passeio ciclístico com paradas para apresentações no trecho entre a Capela Nossa Senhora da Glória (Alto da Glória), parque São Lourenço e Praça de Bolso do Ciclista (Centro). Também teve concertos na Unilivre, no Bosque Alemão e Parque Tingui, além de música na Linha Turismo.

“Uma ideia maravilhosa, bem interessante! Unir atividade cultural e física, isso poderia acontecer com mais frequência”, elogiou o técnico em Contabilidade Rafael Marcos Costa, que participou do bicicletando acompanhado da esposa Silvia Regina Ribeiro.

Com um grupo de ciclistas eles saíram da Capela da Glória, onde apreciaram uma apresentação dos professores de Música Antiga e da Banda Lyra Curitibana. De lá, seguiram em direção ao Bosque João Paulo II. “Totalmente sinérgico”, disse o designer e analista de sistemas Guilherme Paim Mendes que levou a família (mãe e filho) riquixá adaptado à bicicleta.

No Bosque do Papa eles foram recebidos com obras do polonês Frédéric Chopin apresentadas pelo pianista Wim Van Moerbeke. Nascido em Brugge, na Bélgica, país perto da Polônia, Moerbeke ficou encantado com a iniciativa de unir música e bicicleta. “As músicas de Chopin são lindíssimas, apreciadas por todo mundo e, tocadas num Bosque Polonês (do Papa), cabem perfeitamente nesse contexto”. Ele também estava admirado com a beleza do lugar. “Um palco redondo cercado de verde e flores. Não é sempre que se pode tocar num palco redondo, num ambiente como esse”, disse o pianista.

Os ciclistas seguiram ao Parque São Lourenço, onde o grupo Trio Harmônicas de Curitiba se apresentou. De lá, voltaram para o centro da cidade, para a parada final, na Praça de Bolso do Ciclista, onde o show do Bananeira Brass Band encerrou o passeio ciclístico.

Música Celta e Barroca: Ainda pela manhã, na Unilivre, teve apresentação do grupo de música Celta, Gaiteros do Lume. O mesmo estilo musical, do Jornada Ancestral, embalou o passeio na Linha Turismo. O passeio com música partiu da praça Tiradentes e seguiu até o parque Tingui.

O Oratório de Bach, no Bosque Alemão, recebeu o público para com concerto do ensemble Música Barroca Curitiba, que executou obras das escolas de Veneza e Bolonha no século XVII. No parque Tingui, o coral Only Vox, formado por alunos de vários cursos da PUC-PR (Pontifícia Universidade Católica) apresentou um repertório variado de músicas.

A Oficina de Música de Curitiba tem ainda mais uma semana de grandes shows, concertos e formação musical. A programação completa está o site www.oficnademusica.org.br. Você também pode receber informações da programação pelo WhatsApp, cadastrando o número 41 9876-2903 (no whats não precisa do 9 a mais) ou mande um “oi” pelo link https://goo.gl/ucboic para ser automaticamente cadastrado.

 

Autor: Assessoria de Imprensa Oficina

Fonte: Oficina de Música

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar