20.01.2020Crianças e jovens aprimoram habilidades musicais

 Crianças e adolescentes marcam presença nas aulas da 37ª Oficina de Música de Curitiba. Nesta edição, 181 crianças e jovens estão frequentando cursos regulares. Com as aulas de musicalização nas regionais da cidade, 757 alunos na faixa etária até 18 anos participam de aulas em várias categorias.

Aos 10 anos de idade, Mateus Dóris treina fundamentos com as baquetas no curso de Percussão e Ritmos Afro-Brasileiros, que acontece no Memorial da Cidade, no Largo da Ordem.

O músico é um dos 2 mil alunos presentes nos 12 dias de Oficina. Ele faz parte da comitiva de crianças e jovens musicistas da Banda Escola Municipal Fazenda Rio Grande, que para frequentar as aulas da Oficina viajam 32 quilômetros até Curitiba.

O projeto oferece curso nas áreas de fanfarra, banda, musicalização e linha de frente para crianças e jovens de Fazenda Rio Grande.

A Oficina de Percussão e Ritmos Afro-Brasileiros trata de alguns conceitos como o posicionamento correto dos instrumentos de percussão, afinação e criação de ritmos percussivos através de instrumentos utilizados em escola de sambas.

Musicalização para crianças e jovens

Neste período de férias e de oficina, o projeto de educação musical MusicaR leva às Ruas da Cidadania aulas gratuitas de musicalização. As aulas acontecem em todas regionais espalhadas pela cidade e são voltadas para crianças e jovens, entre 10 e 15 anos, sem qualquer contato com as aulas regulares do MusicaR.

Parceiros

A 37ª Oficina de Música de Curitiba é uma realização da Prefeitura de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba, do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (Icac), da Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania e governo federal.

O evento tem patrocínio máster da Caixa Econômica Federal, apoio cultural da Família Farinha, Comunidade Luterana Igreja de Cristo, Igreja Bom Jesus dos Perdões, Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR), Bicicletaria Cultural, Universidade Federal do Paraná, Lamusa – Laboratório de Música Sonologia e Áudio, Sistema FIEP, Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEC), HOG The One Curitiba, Solar do Rosário e apoio máster do Teatro Guaíra e Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: SMCS

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar