07.12.2010Contos de fada na Capela Santa Maria

 

O trio de música de câmara formado pelos instrumentistas Paulo Emiliano Piá de Andrade (piano), André Ehrlich (clarineta) e Guilherme Romanelli (viola) apresenta nesta quarta e quinta-feira, dias 8 e 9, o recital Contos de Fada, às 20 horas, na Capela Santa Maria. O projeto tem como tema a celebração dos 200 anos do nascimento do compositor alemão Robert Schumann.

A personalidade turbulenta e repleta de facetas de Robert Schumann - ícone do puro romantismo alemão - tem uma característica marcante: a predileção por incorporar temas fantásticos na sua música, como no caso de "Contos de Fadas", op. 132, que será interpretado pelo trio.

Schumann gostava de promover jovens músicos. Seguindo essa linha de pensamento e para imprimir um caráter de atualidade ao concerto, os organizadores convidaram o compositor residente em Curitiba, Márcio Steuernagel, para participar do evento na Capela e apresentar "A Construção da Pessoa nas Sociedades Indígenas Brasileiras", composta especialmente para esse programa. Steuernagel voltou sua inspiração a uma cosmovisão indígena, a partir dos textos clássicos do antropólogo brasileiro Viveiros de Castro, presentes no livro que leva o mesmo nome da música.

Também no programa foram incluídas obras de contemporâneos de Schumann, como "Trio em lá maior para Clarineta, Viola e Piano, op. 264 (1903), de Carl Reinecke. Apesar de pouco conhecido, o compositor, amigo de Schumann, deixou um legado em música de câmara por muitos comparado ao de Brahms. Outra obra de um contemporâneo de Schumann, incluída no programa, é "Peças op. 83, de Max Bruch.

A maior parte das peças será apresentada pela primeira vez em Curitiba. Além de divulgar obras inéditas na cidade, esse projeto divulga uma formação camerística pouco conhecida, em que os timbres da clarineta, viola e piano possibilitam explorar a vasta combinação de cultura e emotividade tão característica de Schumann.

Serviço:

Contos de Fada - Recital em homenagem aos 200 anos do nascimento do compositor alemão Robert Schumann. Com Paulo Emiliano Piá de Andrade (piano), André Ehrlich (clarineta) e Guilherme Romanelli (viola)

Local: Capela Santa Maria - Rua Conselheiro Laurindo, 273 - Centro

Data e horário: Dias 8 e 9 (quarta e quinta), às 20h

Ingressos R$10 e R$5 (meia-entrada)

Informações: (41) 3321-2840.


PROGRAMA:

Carl Reinecke (1824-1910)

Trio em lá maior para Clarineta, Viola e Piano, op. 264 (1903)

1. Moderato

2. Intermezzo: moderato

3. Legende: andante

4. Finale: allegro moderato

Márcio Steuernagel (1982)

A Construção da Pessoa nas Sociedades Indígenas Brasileiras (2011)

Max Bruch (1838-1920)

Peças op. 83 (1910)

Andante

Allegro vivace, ma non troppo

Nocturne: andante con moto

Allegro agitato

Robert Schumann (1810-1856)

Contos de Fada, op. 132 (1853)

1. Lebhaft, nicht zu schnell

2. Lebhaft und sehr markirt

3. Ruhiges Tempo, mit zartem Ausdruck

4. Lebhaft, sehr markirt

 

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: RB - Escritório de Comunicação

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar