23.03.2010Concertos na Capela comemoram aniversário de Curitiba

Um programa duplo de concertos na Capela Santa Maria comemora na próxima sexta-feira (26) o aniversário da cidade. Às 19h, a Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba apresenta-se sob a regência do maestro Ricardo Bologna. Às 21h, um concerto coral, com os grupos Collegium Cantorum e Madrigal Vocale, marca o lançamento do livro de partituras de Henrique de Curitiba, com a participação do cantor lírico Bruno Spadoni e regências de Helma Haller e Norton Morozowicz. As duas apresentações são gratuitas.

O programa abre com o concerto da Orquestra de Câmara, que terá a participação como solista da mezzo soprano Ariadne Oliveira. A orquestra apresenta duas composições – o Salmo 126 de Antonio Vivaldi (1678-1741) e a suíte “El Amor Brujo”, de Manuel de Falla (1876-1946). O mesmo concerto será reapresentado no sábado (27), às 18h30, na Capela Santa Maria.

Regente e percussionista, Ricardo Bologna vem de São Paulo especialmente para reger o segundo concerto da temporada 2010. Sua carreira musical, desde 2002 quando se formou pelo Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista, foi marcada por inúmeros prêmios em festivais nacionais e internacionais, e convites para acompanhar grupos e orquestras na Europa, Estados Unidos e Japão. No Brasil, fundou o Percorso Ensemble, que realiza concertos pelo Brasil e possui dois CDs gravados. Ricardo Bologna é timpanista da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e regente da Orquestra Sinfônica Jovem Municipal.

Ariadne Oliveira é curitibana e já se destaca no cenário do canto lírico no Brasil. Depois de se formar na Escola de Música e Belas Artes do Paraná, na classe de Neyde Thomas, Ariadne fez cursos de aperfeiçoamento em conservatórios europeus. No Brasil, atuou como solista ao lado de importantes orquestras. Em março de 2009 foi um sucesso a sua interpretação, com a OSESP, da obra “El Amor Brujo”, de Manuel de Falla, a mesma que Ariadne interpretará com a Orquestra de Câmara de Curitiba.

Obra coral – Um dos mais importantes compositores brasileiros, Henrique Morozowicz, conhecido como Henrique de Curitiba, faleceu em 2008 deixando uma vasta produção de composições para orquestras, grupos vocais e instrumentos. As suas 72 composições escritas para coro foram reunidas, digitalizadas, editadas e publicadas no livro “A obra coral de Henrique de Curitiba Morozowicz”, organizado pela pianista Glacy Antunes de Oliveira e por Gyovana de Castro Carneiro. O livro, editado com recursos do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura da Prefeitura de Curitiba, será lançado nesta sexta-feira, no concerto que integra a programação de aniversário da cidade.

Composições de Henrique de Curitiba serão cantadas pelo grupo “Collegium Cantorum”, sob regência de Helma Haller, amiga do compositor, e pelo “Madrigal Vocale”, criado pelo saudoso Padre Penalva, com quem o compositor mantinha relações de amizade e de respeito mútuo. O Madrigal cantará sob regência do maestro Norton Morozowicz, irmão de Henrique de Curitiba. No concerto, o cantor Bruno Spadoni executará uma das últimas composições de Henrique de Curitiba – “Constatação Fatal”, ária cômica escrita para baixo ou barítono e piano, com texto inspirado em crônica de José Zokner.

Serviço:
Concertos comemorativos do aniversário de Curitiba
Local: Capela Santa Maria Espaço Cultural – R. Conselheiro Laurindo, 273 - Centro

Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba, sob regência de Ricardo Bologna

Datas e horários: 26 de março (sexta-feira), às 19h, e 27 de março de 2010 (sábado), às 18h30.

Ingressos: Entrada Franca na 6ª feira (Obs.: Quem já adquiriu os ingressos para o Concerto da Orquestra, poderá devolvê-los na bilheteria da Capela.) No sábado R$10 e R$ 5 (mais um quilo de alimento não perecível)

Lançamento do livro de partituras “A obra coral de Henrique de Curitiba Morozowicz”, com apresentações dos grupos Collegium Cantorum, sob regência de Helma Haller, e Madrigal Vocale, sob a regência de Norton Morozowicz.
Data e horário: 26 de março de 2010 (sexta-feira), às 21h.
Entrada franca.

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar