27.01.2020Comerciante que se descobriu cantor na Rua da Cidadania dedica concerto à mãe

 O concerto de encerramento da 37ª Oficina de Música de Curitiba foi especial para o comerciante Fábio de Freitas, que vende trabalhos manuais em dois boxes da Rua da Cidadania da Matriz.

Ele fez parte do coro de 300 vozes formado por alunos da classe de canto coral do evento e, pela primeira vez em cinco participações na Oficina, não pode contar com o aplauso da mãe, que morreu em agosto.

“Ela não está aqui fisicamente, mas em espírito. Esse concerto é um pouco para ela”, disse, antes do início do espetáculo.

Conhecida como Nicota, a artesã Eunice de Freitas tinha 74 anos. Fazia e vendia na Rua da Cidadania peças de crochê com mais sete mulheres. Foi para ajudá-la no negócio, depois da morte do pai, que Fábio decidiu trabalhar com ela. Lá mesmo, há 13 anos, acabou se descobrindo cantor.

“Na Rua da Cidadania tinha o Coral da Cidade, regido pelo maestro Cristiano Prestes, que acabou me convidando para o coral dele. Aceitei e, desde então, procuro me aperfeiçoar nessa arte”, lembra Fábio, que é tenor e hoje tem 52 anos.

“A música transforma a vida das pessoas, que é como uma trilha sonora de músicas que a gente mesmo escolhe. E a Oficina de Música é simplesmente mágica por permitir que os alunos aprimorem em 10 dias o que conseguiriam em meses de ensaios regulares. Quero voltar muitas vezes”, completou.

Parceiros
A 37ª Oficina de Música de Curitiba foi uma realização da Prefeitura de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba, do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (Icac), da Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania e governo federal.

O evento teve patrocínio máster da Caixa Econômica Federal, apoio cultural da Família Farinha, Comunidade Luterana Igreja de Cristo, Igreja Bom Jesus dos Perdões, Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR), Bicicletaria Cultural, Universidade Federal do Paraná, Lamusa – Laboratório de Música Antiga da Universidade Federal do Paraná, Sistema FIEP, Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEC), HOG The One Curitiba, Solar do Rosário, Casillo Advogados e apoio máster do Teatro Guaíra e Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: SMCS

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar