13.07.2019Coleções do Boqueirão Fashion Day homenageiam Curitiba

As coleções apresentadas no 3º Boqueirão Fashion Day são uma homenagem dos estilistas a Curitiba. O evento, realizado na noite desta sexta-feira (12/7), é promovido pela Prefeitura para estimular o comércio e a economia criativa da região, que tem um dos principais polos têxteis do estado.

Para a presidente da Fundação Cultural de Curitiba (FCC), Ana Cristina de Castro, a moda como uma expressão cultural movimentou a cidade. “Foi um evento importante porque chamou a atenção para a inclusão, bem como para o fomento à economia criativa”, afirmou.

As peças, criadas por alunos e professores dos cursos de design de moda do Centro Europeu e do Senai-PR, têm referências em elementos típicos da cidade.

O Centro Europeu apresentou a coleção “Curitiba, sua Linda”, utilizando acessórios da loja que leva o mesmo nome. A equipe de criação do Centro Europeu acrescentou novos elementos curitibanos às roupas.

A coleção, com um total de 30 peças, mostra pinhões, araucárias, ipês e bougainvilles inspirados em desenhos da artista plástica Denise Roman.

“Os modelos começam com linhas mais orgânicas, que lembram a arquitetura da cidade, e evoluem para looks mais coloridos, como se Curitiba estivesse florescendo”, explica a professora e designer de moda do Centro Europeu, Nicolle Gora.

Segundo ela, o talento de artistas e artesãos curitibanos são o pano de fundo dessa coleção, cuja matéria-prima é a malha neoprene com estampas feitas em serigrafia. O preparo do tecido foi feito pelos próprios alunos.

“É muito gratificante participar desse desfile que, além de valorizar um polo têxtil que frequentamos rotineiramente, também torna-se uma excelente oportunidade para jovens designers que estão ingressando no mercado de trabalho”, destacou.

Medieval contemporâneo

Uma parte dos 25 modelos apresentados por alunos e professores do Senai-PR buscou referências na moda medieval, dando origem a looks que eles classificam como “medieval contemporâneo”.

Inéditas, as peças foram criadas a partir de um estudo desenvolvido por um dos integrantes da equipe. Com os esboços na mão, a equipe foi até às lojas da Rua Bley Zornig em busca dos tecidos e, em um mês, estavam com a peças confeccionadas.

Uma outra parte da coleção é dedicada a Curitiba. Cores e linhas de elementos da paisagem urbana, como o Jardim Botânico, a Ópera de Arame e as estações-tubo estão presentes nos modelos.

Na cartela de cores utilizada, o cinza foi escolhido para refletir um pouco o clima da cidade.

“Tudo foi feito especialmente para este evento”, disse a estilista Gabriela Gessi.

“No ano passado assisti ao desfile e fiquei somente de espectadora. Desta vez estou participando e adorando a iniciativa. É superinteressante, porque fomenta o comércio e incentiva os mais jovens”, comentou Gabriela.

Trilha de João Gilberto

O Boqueirão Fashion Day também teve trilha sonora especial. O DJ André Gentil recepcionou o público com uma seleção musical que homenageia a Bossa Nova e mais especificamente o cantor e compositor João Gilberto, falecido recentemente.

Grandes clássicos e novas versões nas vozes de Bebel Gilberto, Frank Sinatra, Tom Jobim, Julie London, Sergio Mendes, Elis Regina e Caetano Veloso, entre outros, compuseram o clima informal do pré-desfile.

Para o desfile, o DJ criou uma trilha jovem e contemporânea que combinou com os looks apresentados na passarela. As músicas seguiram o briefing proposto pelos produtores e marcas participantes e, acompanhando as propostas fashion, passaram pelos estilos “Soulful House” e “Nu Disco”.

Moda inclusiva

Uma das novidades desta 3ª edição foi a participação de cinco pessoas com deficiência apresentando peças personalizadas, que proporcionam mais conforto e autonomia aos usuários. Quem entrou na passarela não foram modelos profissionais, mas as próprias pessoas com deficiência que participaram do projeto de pesquisa que deu origem às peças.

A proposta foi apresentada pela estilista e professora de Design de Moda, Bruna Brogin, um dos destaques no “Viva Inclusão” 2018. Bruna apresentou um projeto com roupas acessíveis, criadas a partir de dados colhidos em um questionário aplicado a pessoas com deficiência visual, física e intelectual.

O Sindicato de Modelos do Paraná e as organizações participantes são parceiras da Prefeitura de Curitiba na realização do 3º. Boqueirão Fashion Day. A seleção das escolas foi feita mediante edital de chamamento público da Fundação Cultural de Curitiba (FCC) para as instituições interessadas. A FCC também ficou responsável pela infraestrutura do evento.

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba e SMCS

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar