10.12.2010Cinemateca exibe filmes de Yanko Del Pino

A Cinemateca de Curitiba exibe nesse final de semana, 11 e 12 de dezembro, obras cinematográficas de Yanko Del Pino, diretor que faz parte da história do cinema paranaense. Seus primeiros filmes super-8 foram feitos na Cinemateca do Museu Guido Viaro. A mostra, com entrada franca, é composta por cinco filmes, sendo três de ficção e dois documentários.

O primeiro filme Retratos e borboletas, feito em 1998, conta a história de uma borboleta muito colorida, que certa vez borboleteando, voa diante de imagens fotográficas. Além de ter participado de vários festivais nacionais, entre eles o 6º Anima Mundi e o 9º Festival Internacional de Curtas de São Paulo, o filme integrou eventos internacionais, como o Festival Internacional de Toronto, o Festival Internacional de Curtas de Palm Springs e o 20º Festival Internacional do Novo Cinema Latino-americano, em Cuba.

Outro filme da mostra é uma animação intitulada Deu no jornal, de 2005, que fala da saga de um solitário e suas fantasias desenhadas em esferográfica num jornal velho. O filme foi premiado no Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo 2005 e levou os títulos Os 10 Mais, Escolha do Público no Festival e Prêmio Porta Curtas na Internet. “A TV que virou estrela” é um filme que Yanko dirigiu e roteirizou em parceria com Márcio Curi. Foi filmado em Brasília entre os anos de 1987 e 1993 no Parque da Cidade, Feira do Guará, Sobradinho, Gran Circular e Teatro Nacional.

O documentário Manicômio 1993, faz uma desconstrução da doença mental e mostra como a arte pode ser usada como método de terapia. O quinto documentário é Beijo na Boca Maldita, de 2006. Muito popular em Curitiba dos anos 70, Gilda marcou época. Tipo folclórico de rua, dizia-se travesti. Quem não quisesse levar um beijo seu apressava-se em lhe dar um trocado. Todos fugiam dos seus gracejos na Boca Maldita. Confira a programação:

 

Dia 11

Às 15h45:

Classificação livre para o programa

A TV QUE VIROU ESTRELA

Às 18h:

Classificação 16 anos para o programa

DEU NO JORNAL

RETRATOS E BORBOLETA

BEIJO NA BOCA MALDITA

ENDERECO DO FILME:/filmes/retratos-e-borboletas

MANICÔMIO

Às 20h:

A TV QUE VIROU ESTRELA (BR/DF, 1994 – 35mm – 77’ - ficção )

 

Dia 12

Às 15h45:

DEU NO JORNAL (BR/RJ, 2005 – 3’ - 35mm - animação).

RETRATOS E BORBOLETA (BR/RJ, 1998 – 10’ – 35mm – animação).

BEIJO NA BOCA MALDITA (BR/PR, 2008 – 16’- DVD – documentário)

MANICÔMIO (BR/RJ, 1993 – 30’ – DVD)

Às 18h:

A TV QUE VIROU ESTRELA (BR/DF, 1994 – 35mm – 77’ - ficção )

Às 20h:

DEU NO JORNAL (BR/RJ, 2005 – 3’ - 35mm - animação).

RETRATOS E BORBOLETA (BR/RJ, 1998 – 10’ – 35mm – animação).

BEIJO NA BOCA MALDITA (BR/PR, 2008 – 16’- DVD – documentário)

MANICÔMIO (BR/RJ, 1993 – 30’ – DVD)

 

 

 

 

 

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar