16.11.2020Casas da Leitura reabrem com funcionamento parcial

Dentre as 17 Casas da Leitura da Prefeitura – bibliotecas especializadas em Literatura e Arte da Fundação Cultural de Curitiba – 13 delas retomarão o funcionamento parcial a partir da próxima quarta-feira (04/11). Ficam fechados para público apenas quatro espaços, o Bondinho da XV e as Casas Jamil Snege, no Fazendinha, a Nair de Macedo, no Guabirotuba e a Miguel de Cervantes, na praça da Espanha.

A reabertura ocorre após o treinamento das equipes e a higienização do acervo e das instalações, de acordo com os protocolos de prevenção à covid da Secretaria Municipal da Saúde e do Conselho Federal de Biblioteconomia.

Os interessados somente poderão fazer empréstimos, devoluções e cadastro mediante agendamento, por meio do e-mail ou do telefone da unidade. Na data e horário marcados, deverão comparecer usando máscara. Lá, deverão observar o distanciamento social e submeter-se à aferição de temperatura e higienização das mãos com álcool em gel.

Cada leitor poderá levar para casa três títulos de uma só vez, agora com prazo estendido de 14 para 28 dias. As devoluções em atraso estão temporariamente livres das multas. A medida visa evitar que, sem alguém que possa fazer a devolução, eles se desloquem até as Casas da Leitura.

Entre a saída de um leitor e a chegada do próximo será observado intervalo de 30 minutos. Nesse período, as equipes de cada Casa da Leitura terão tempo de organizar e higienizar os espaços para a chegada dos frequentadores seguintes. Por ora, para tornar o procedimento mais rápido, não serão atendidas crianças.

Nesse primeiro momento da reabertura, também não será possível permanecer no local nem pegar livros diretamente nas estantes. “A escolha dos títulos deverá ser feita em casa, a partir do acervo da rede de unidades de leitura no sistema Pergamum”, explica a coordenadora de Literatura da Fundação Cultural, Mariane Torres.

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: FCC

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar