17.03.2016Casa Hoffmann completa 13 anos com crescimento de público

A Casa Hoffmann Centro de Estudos do Movimento completa 13 anos na próxima quarta-feira, dia 23 de março, 

 

As atividades realizadas no espaço administrado pela Fundação Cultural de Curitiba tiveram crescimento de público. desde 2003

 

Quanto ao número de ações, posso descrever o que acontece.
Viabilizamos o espaço para ensaios no dia a dia.
Oficinas (dança contemporânea, afro, cigana, hip hop, dança circular, capoeira, dança de salão/tango,salsa,samba rock
Aula de balé clássico para crianças/ parceria com a Regional Boqueirão.
Além do atendimento a grupos de Teatro e solicitações oficiais.

Sobre o espaço 

A Casa Hoffmann é a sede do Centro de Estudos do Movimento, que se destina à exploração de novas estéticas do movimento, sendo um local de referência para artistas e outros profissionais com atuação nas áreas de dança, teatro, artes plásticas e educação. As atividades contam com a infraestrutura necessária ao desenvolvimento artístico, apoiadas em biblioteca, videoteca e cursos ministrados por artistas e pensadores renomados, com abordagem de temas variados, entre eles a crítica da dança, estética, filosofia e design cênico.

Construída pela família Hoffmann, em 1890, a casa é símbolo da prosperidade de uma família de tecelões austríacos que se mudou para o Brasil no final do século XIX. O imóvel também constitui marco arquitetônico da transformação urbana que Curitiba viveu na virada para o século XX. Habitada pelos Hoffmann até 1974, a casa depois foi alugada e sofreu diversas adaptações, até ser destruída por um incêndio, em 1996. Apenas as paredes externas e a fachada foram mantidas. O imóvel, catalogado como unidade de interesse de preservação do município, foi totalmente restaurado e desde 23 de março de 2003 abriga o Centro de Estudos do Movimento.

 

O curador da mostra e autor do livro “Os Banquetes do Imperador” fará uma palestra no dia 20 de maio, às 19h, na Casa Romário Martins. André Boccato iniciou sua carreira em jornais alternativos da década de 1970, como Opinião, Versus, Movimento e vários outros, até abrir sua primeira editora em 1980,

2013 – 6.622
2014 – 5.582
2015 – 7.645
2015 – 590 (até fevereiro de 2015)

Autor: Assessoria de Imprensa da FCC

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar