07.11.2010Arrigo e Orquestra de Sopro comemoram 30 anos de Clara Crocodilo na Virada

A madrugada na Virada da Corrente Cultural começou com música pop de vanguarda, numa grande apresentação em frente ao Paço Municipal. Arrigo Barnabé e a Orquestra À Base de Sopro dividiram o Palco Riachuelo para uma apresentação duplamente comemorativa: pelos 30 anos da ópera-rock Clara Crocodilo e pelo lançamento do DVD da obra, registro de um show do músico e compositor londrinense com a Orquestra feito em 2009. Tanta celebração se justifica. Clara Crocodilo foi o primeiro álbum lançado por Arrigo, em 1980, disco que inaugurou o movimento Vanguarda Paulista e se tornou um marco na MPB, pela curiosa mistura de música serial-dodecafônica com rock e poesia marginal bem humorada.

Segundo Arrigo Barnabé, executar Clara Crocodilo num show ao ar livre tem tudo a ver com o próprio conceito da obra. “Antes do registro em disco, eu e a banda Sabor de Veneno fizemos uma série de apresentações. Por isso, quando entramos em estúdio, a gravação de Clara saiu com o calor de um show ao vivo.”

No Palco Riachuelo, o público também pôde conferir a peça “Metamorfose”, escrita por Arrigo em 2006 especialmente para a Orquestra À Base de Sopro. “Esse é um show contemporâneo, que tem tudo haver com a noite curitibana” comentou o diretor artístico da Orquestra, Sérgio Albarch.

Em frente a um Paço Municipal iluminado, um público grande e mesclado. Maurício Cavalcanti conseguiu autografar sua coleção de discos de vinil de Arrigo Barnabé. “Tenho todos os discos e aproveitei a chance para conversar com ele e pegar seu autógrafo”. Já Jaqueline Saldanha, nunca havia ouvido o som do compositor londrinense e aproveitou a Virada da Corrente Cultural para conhecer as composições. “Vi a programação e decidi ver a apresentação. É um som diferente, curioso e instigante. Recomendo a todos”.

Para Arrigo, apresentar-se em frente ao Paço teve um sabor saudosista. “Lá nos idos de 1969, nos meus tempos de estudante, eu vivi nessa região. Lembro que circulava muito por aqui e comia numa pensão em frente à sinagoga.” Arrigo também comemorou a proposta da Corrente Cultural. “Curitiba tem vocação para isso, pelos espaços privilegiados que tem e por ser uma cidade urbanisticamente bem cuidada. É preciso que projetos como esse tenham continuidade”.

Confira a programação completa do evento no site www.correntecultural.com.br.

 

CORRENTE CULURAL 2010

Data: De 3 a 14 de novembro

Local: 70 espaços culturais

Entrada: gratuita ou a preços populares

Realização: Fundação Cultural de Curitiba, Prefeitura Municipal, Sistema Fecomércio/PR (Sesc/ Senac), Sesi, Caixa Econômica Federal, Secretaria de Estado da Cultura, Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Universidade Federal do Paraná (UFPR), Instituto Cervantes, Instituto Goethe, Aliança Francesa e Consulado da Polônia e os vereadores Renata Bueno e Caíque Ferrante.

Promoção: RPCTV

 

Acompanhe também a Corrente Cultural 2010 nas mídias:

Facebook http://www.facebook.com/correntecultural

Orkut http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=15759369618539392782

Twitter http://twitter.com/correntecultura

Blog http://correnteculturalcuritiba.blogspot.com/

Flickr http://www.flickr.com/photos/fundacaoculturaldecuritiba/sets/72157625155637100

Mais informações também pelo email correntecultural2010@gmail.com

 

 

 

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar