11.06.2019Aluno e solista da Oficina de Música, Estefan Iatcekiw vai se aprimorar em Moscou

 Com apenas 15 anos, ele será o mais jovem aluno do Conservatório Tchaikovsky, na capital russa

 O pianista prodígio curitibano Estefan Iatcekiw fará no Teatro Guaíra, na próxima quinta-feira (13/6), às 20h, o primeiro dos três concertos de despedida do Brasil. Os ingressos custam R$ 80 e R$ 40 (meia entrada) e darão direito a ouvir o musicista interpretar Tchaikovsky e Rachmaninov ao lado da pianista russa radicada em Curitiba Olga Kiun, professora de Estefan.

 Além de apreciar as qualidades de intérprete de Estefan, quem for ao espetáculo estará ajudando o jovem músico a custear suas despesas no renomado Conservatório Tchaikovsky, em Moscou, onde ele foi admitido para fazer o curso superior de piano pelos próximos seis anos e se tornar mestre no instrumento.

 A arrecadação da bilheteria deste e do próximo concerto, na Universidade Positivo, será totalmente destinada ao pianista. O objetivo é ajudar nas despesas que o pianista terá para se manter na capital russa com a mãe, a ex-vendedora de veículos Josiane Vergara Alanis. Ela largou tudo para investir na carreira do filho.

 Pouca idade, muitas conquistas

 Estefan começou a mostrar seu gênio aos 5 anos, quando entrou em contato com o piano. Em Curitiba, foi aluno da Oficina de Música a partir dos 10 anos e solista no evento. Uma de suas apresentações aconteceu na Capela Santa Maria Centro Cultural.

 Seus feitos, porém, vão mais longe. Em 10 anos de dedicação ao instrumento, conquistou o 1º lugar no lV International Rachmaninov Piano Competition for Young Pianists, na Alemanha – compositor do qual foi considerado o melhor intérprete. Também obteve o 2° lugar no Concurso Internacional Santa Cecília, em Porto-Portugal. No Brasil, conquistou o X e Xl Concurso Profª Edna Bassetti Habbith e o de melhor intérprete do brasileiro Villa Lobos, entre outros destaques.

 A dedicação ao instrumento não impediu que Estefan se mostrasse precoce também na escola. No ano passado, antes de completar 15 anos, concluiu o Ensino Médio em uma escola particular de Curitiba.

 “Lá ele vai ser o aluno mais jovem do Conservatório”, conta Josiane, que está deixando o Brasil com o filho somente com as passagens de ida. Além dos custos de hospedagem, alimentação e transporte, em Moscou os dois terão de arcar com a anuidade do Conservatório, equivalente a R$ 42 mil. A instituição não concede bolsas de estudos a estrangeiros.

 Sem bolsa e com muita determinação

 Para fazer frente às despesas, a mãe pôs à venda os três pianos de Estefan: um Fritz Dobbert com 2 anos e meio de uso por R$ 30 mil; um Yamaha acústico, sem uso, por R$ 20 mil; e um Steinway, antigo, por R$ 25 mil. “Com o dinheiro, poderemos comprar outro lá. Se não vender, vou alugar”, adianta Josiane, que conta com a renda da bilheteria para reforçar as reservas financeiras.

 Ela também está tentando patrocínio para as passagens aéreas de retorno ao Brasil. “Como ele terá férias duas vezes por ano, seria interessante voltar para mostrar os resultados dos estudos. Mas isso poderá acontecer somente se tivermos apoio”, observa.

 Mãe e filho saem de Curitiba no dia 26 de agosto com destino a São Paulo e, de lá, para Moscou. As audições iniciais no Conservatório – equivalente à formalização de seu processo de admissão no local – começam em 5 de setembro. No primeiro ano de estudos, que mesclará piano e o idioma russo, Estefan se comunicará em inglês – ao lado do alemão, por enquanto, as duas línguas estrangeiras que domina.

 A nova língua – que será exigida a partir do segundo ano na capital russa – já está em fase de aprendizagem pelo pianista prodígio, que também é autodidata. “Ele conhece o alfabeto russo, já lê mas ainda não sabe bem as regras gramaticais”, explica a mãe.

 Depois do concerto de quinta-feira, o músico se apresentará no Teatro Positivo (11/7, também às 20h e com bilheteria revertida para o artista) e de novo no Teatro Guaíra (11/8).

 

Serviço

Estefan Iatcekiw – concerto de despedida

Teatro Guaíra

Dia 13/6 (quinta-feira)

20h

Ingressos a R$ 80 e R$ 40

(na bilheteria do teatro ou no Disque Ingressos)

 

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar