Fundação Cultural de Curitiba

Fundação Cultural de Curitiba

Galeria

Visualizar: Coleções Álbuns

“ALIMENTANDO COM MÚSICA” - Foto: Cido Marques© 2018

Joaquim e a Escola Imaginária da Música, um concerto didático para alunos das escolas municipais de Curitiba O programa “Alimentando com Música”, criado pela Camerata Antiqua de Curitiba com o objetivo de difundir entre os alunos de escolas municipais a linguagem da música, tem apresentações na Capela Santa Maria durante esta semana (de 2 a 6 de outubro). No sábado, dia 6, às 18h30, acontece o encerramento com o espetáculo aberto ao público. Para a coordenadora de Música da Fundação Cultural, Janete Andrade, a ação foi concebida para o universo infantil. "O projeto foi criado pensando o mais próximo da linguagem infantil, considerando um exercício de cidadania para estas crianças que, agora, possuem a oportunidade de escutar um programa de um grupo instrumental e vocal como a Camerata Antiqua de Curitiba realizado para eles", explica Janete. Por meio do programa Alimentando com Música, a Camerata Antiqua busca despertar nas plateias a paixão pela música erudita, com um aprendizado agradável e acessível a crianças e adolescentes. Os concertos didáticos desta semana, promovidos pela Fundação Cultural de Curitiba e Instituto Curitiba de Arte e Cultura, em parceria com a Secretaria Municipal da Educação e a Fundação de Ação Social de Curitiba (FAS), prevê atendimento para cerca de 1.800 crianças da rede municipal de ensino, associações e integrantes do Projeto MusicaR, de musicalização, atingindo cerca de 1.800 curitibinhas e 43 instituições. Além de possibilitar às crianças o conhecimento e o funcionamento de uma orquestra, o programa Alimentando com Música desperta nos jovens estudantes a curiosidade a respeito do repertório apresentado e os aproxima do vasto e rico universo musical. A atração desta edição é Joaquim e a Escola Imaginária da Música, sob o comando da maestrina Mara Campos, que responde pela direção artística e regência do espetáculo. Joaquim e a Escola Imaginária da Música reúne as seguintes obras: Primavera das Quatro Estações, de Antonio Vivaldi (1678 – 1741); É uma Partida de Futebol, da banda Skank; Mundo da Criança, de Toquinho; Catira do Passarinho, de Celso Pan e Jacqueline Baumgratz; Tico-tico no Fubá, de Zequinha de Abreu; Réquiem para a Infância, de Fabrício da Rocha e Pedro Fonseca; Sabiá lá na Gaiola, de Carmélia Alves Curvello; Corujinha e O Pato, de Vinicius de Moraes; Les Chants Des Oiseaux, de Cléments Janequin (1485 – 1558); e Passaredo, de Chico Buarque de Holanda. “Com o Alimentando com Música, a Camerata Antiqua reafirma o compromisso sociocultural, tendo como meta cativar novas plateias, além de despertar possíveis dons e aptidões”, diz a coordenadora de Música Erudita da Fundação Cultural de Curitiba, Janete Andrade, ressaltando, ainda, que a programação é para todas as idades. Os concertos didáticos, promovidos pela Fundação Cultural de Curitiba e Instituto Curitiba de Arte e Cultura, têm parceria do programa Linhas do Conhecimento e da Gerência de Educação e Cultura do Departamento de Desenvolvimento Profissional da Secretaria Municipal da Educação. Os convidados Joaquim e a Escola Imaginária da Música conta com importantes convidados. O elenco é composto pelos atores paranaenses Renet Lyon (Joaquim) e Giovana de Liz (passarinha Marina). A dramaturgia e a cenografia estão a cargo do paulista Rhenan Queiroz, que atua na pesquisa e síntese de projetos nas áreas das artes cênicas e plásticas. O dramaturgo, cenógrafo, ator e cantor Maurício Vogue, que trabalhou com os principais diretores do teatro nacional, é responsável pela direção cênica. O espetáculo tem arranjos musicais de Marco Aurélio Koentopp. Alimentando com Música com a Camerata Antiqua de Curitiba Capela Santa Maria - Espaço Cultural Curitiba - Paraná - Brasil



Fundação Cultural de Curitiba

Desenvolvido por Polvo Digital