Notícias

30.08.2017Greca vistoria Teatro Paiol para planejar obras de restauração

Na tarde desta terça-feira (29/8), o prefeito Rafael Greca esteve com o arquiteto Abrão Assad no Teatro Paiol. O arquiteto foi responsável pelo projeto que transformou o antigo paiol de pólvora em teatro, em 1971. Acompanhados de técnicos da Fundação Cultural de Curitiba e da Secretaria Municipal de Obras Públicas, os dois conversaram sobre as obras de melhorias que precisam ser feitas no espaço, um trabalho que contará com a orientação de Assad.

Foi verificado que o teatro está com goteiras e que o espaço precisa de adequações para acessibilidade. O prefeito Rafael Greca destacou que as obras são importantes para manter vivo o ícone da cultura da cidade. “Estamos vendo como refazer o telhado do Teatro Paiol que, 40 anos depois, começou a ter goteiras. Agora a nossa ideia é fazer uma reciclagem do Paiol, para ficar pronta para o Natal”, disse Greca. “Haverá uma iluminação nova e o Abrão Assad está nos auxiliando na parte técnica da revitalização desse monumento que é a cara de Curitiba.” O secretário municipal da Comunicação e presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcelo Cattani, participou da visita.

De acordo com o diretor administrativo e financeiro da Fundação Cultural de Curitiba, Cristiano Morrissy, a obra de acessibilidade precisará de investimentos de R$ 70 mil. Já a reforma do telhado, incluindo serviço de serralheria, adequações solicitadas pelo Corpo de Bombeiros e a instalação de guarda corpo, será de R$ 50 mil. O custo total da reforma será de R$120 mil reais.

O projeto de readequação do Teatro do Paiol foi elaborado pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) e está sob a gestão do Instituto Curitiba de Cultura e Arte (Icac). O recurso para as obras poderá ser captado por meio da Lei Rouanet. A previsão de execução do trabalho é de três meses.

Nova iluminação

A fachada do teatro também ganhará nova iluminação. De acordo com o diretor de Iluminação pública da Secretaria Municipal de Obras Públicas, Tony Malheiros, a Prefeitura vai implantar 17 projetores embutidos no piso e na parte superior serão reformados os já existentes. O recurso para essa obra será proveniente do fundo da iluminação pública.

Amor pelo Paiol

Conhecido por diversos trabalhos na cidade, como o fechamento da Rua XV de Novembro, Abraão Assad se empolga com a readequação do teatro. “O Paiol é a obra que mais me comove. É uma das menores que eu fiz e a primeira que desencadeou todo esse processo de renovação de propostas novas para Curitiba. É aqui no Paiol que tudo começou”, afirmou Assad.

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

imprimir voltar