Notícias

26.11.2018FCC parabeniza Santa Felicidade com painel artístico

Para comemorar os 140 anos de história do bairro Santa Felicidade, o prefeito Rafael Greca e a Fundação Cultural inauguraram na última sexta-feira (23/11), o Mural Cores da Imigração. Realizado pelo curitibano Ferge Grafitti, a obra está localizada em frente ao terminal de Santa Felicidade, no muro da Praça San Marco.

Com cores vivas e traços marcantes, as ilustrações retratam a história do bairro por meio de casarões e elementos que remetem a cultura material e imaterial de seus imigrantes italianos.
“É uma grande honra para mim fazer este painel. Eu nunca imaginei criar algo sobre a imigração italiana. Eu gosto de Santa Felicidade. Agradeço à prefeitura e a gestão Rafael Greca que está me dando a oportunidade de mostrar o meu trabalho.”, afirmou o grafiteiro. Conhecido por utilizar elementos típicos da cidade como a gralha azul, o pinheiro e o pinhão em seus trabalhos, o artista foi convidado pelo prefeito Rafael Greca para compor a obra.

Após seis meses de pesquisa histórica sobre o bairro, Ferge contou que levou seis dias para produzir o painel. De acordo com o artista, teve uma arquitetura que mais chamou sua atenção. “O painel tem várias arquiteturas retratadas e na parte dos casarões antigos o que mais me marcou foi a Casa dos Arcos, que também está retratada”, completou.
A iniciativa de criar o mural foi idealizado pela Fundação Cultural de Curitiba, instituição pioneira no reconhecimento às diversas manifestações culturais. Para o coordenador do Núcleo da FCC em Santa Felicidade, Luciano Kampf, “a arte de rua propicia aos cidadãos a revitalização do espaço urbano, bem como oportuniza a artistas mostrarem sua arte, construindo uma espécie de “museu e galeria ao ar livre”, destaca o coordenador.
História
Colonizada por 31 famílias que chegaram de navio oriundo do Vêneto na Itália, seu nome remete à Felicidade Borges, antiga proprietária de terras da região. A tradição italiana moldou o bairro não apenas por sua famosa culinária, mas também na arquitetura, religiosidade, artesanato em vime, música, dança, lazer.
Carreira
O curitibano Ferge Grafitti iniciou sua carreira nas oficinas de arte promovidas pela Administração Regional Bairro Novo. De lá para cá, somam-se mais de 20 anos de atuação com obras espalhadas pela cidade, como o grafitti na trincheira do Bairro Novo, o mural no condomínio Parque Iguaçu da COHAB e recentemente o trabalho “Cores Curitibanas”, painel em homenagem à artista Ida Hannemann de Campos, instalado no refeitório do Restaurante Popular do Capanema. Ferge desponta como um dos principais nomes da arte de rua de Curitiba. Suas obras são facilmente reconhecidas por seu traço, no uso variado de cores e pela temática de seus trabalhos, nos quais retrata de modo ímpar elementos ícones de Curitiba.

Serviço:
Mural Cores da Imigração
Local: Praça San Marco.
Endereço: Via Vêneto, s/nº. – Em frente ao Terminal de Santa Felicidade.
 

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar