Notícias

16.08.2017 FCC oferece novos roteiros culturais de visitas mediadas

Na data em que se comemora o Dia Nacional do Patrimônio Cultural, 17 de agosto, a Diretoria de Patrimônio Cultural da Fundação Cultural de Curitiba lança novos roteiros de visitas mediadas ao centro de Curitiba. Além dos dois já tradicionalmente realizados pela equipe de Ação Educativa da FCC, um com foco no Solar do Barão e o outro no conjunto arquitetônico do setor histórico, serão oferecidos mais três roteiros temáticos: “Painéis de Poty Lazzarotto”, “Construção da Identidade Paranaense” e “Diversidade Religiosa”.

As mediações são gratuitas e acontecem de terça a sexta-feira, das 9h as 12h e das 14h as 17h, no Setor Histórico da Cidade, por meio de agendamento pelo telefone (41) 3321-3275 ou pelo e-mail educativasetorhistorico@fcc.curitiba.pr.gov.br.

A cada agendamento, a equipe se prepara para a mediação estudando e planejando a melhor maneira de trabalhar segundo as demandas de cada grupo. “O setor histórico de Curitiba oferece inúmeras possibilidades de aprendizagem a partir de elementos históricos, patrimoniais e artísticos”, diz a coordenadora de Ação Educativa da FCC, Hamilca Cassiana Silva, destacando que esse conhecimento é importante para o desenvolvimento da consciência cidadã.

O novo roteiro “Painéis de Poty Lazzarotto” leva o espectador a conhecer cinco obras do artista: os painéis “1º Centenário de Emancipação Política do Paraná” (na Praça 19 de Dezembro), “O Teatro do Mundo” (na fachada do Teatro Guaíra), “Imagens da Cidade”, “A Feira do Largo da Ordem” (ambos na travessa Nestor de Castro) e “Tropeiro” (no Largo da Ordem). De acordo com Hamilca Cassiana, ao longo da mediação a proposta é avaliar a importância dessas obras para a cidade, fornecer informações e estimular a reflexão. São abordados, por exemplo, aspectos sobre o que cada obra objetivamente exibe, quais as reações que elas são capazes de suscitar, as técnicas utilizadas, os contextos sociais e históricos a que estão vinculadas e as possibilidades de leitura de suas imagens, signos e símbolos.

O roteiro “Diversidade Religiosa” passa pela Árvore Gameleira (Praça Tiradentes), Catedral de Curitiba, Igreja da Ordem, Museu de Arte Sacra, Igreja Presbiteriana Independente, Igreja do Rosário, Templo Hare Krishna, Igreja Luterana, Ruínas de São Francisco e Mesquita. Nesse roteiro, os visitantes recebem informações sobre a origem do local, questões históricas, religiosas e aspectos relacionados à arquitetura.

Os símbolos e elementos relacionados à construção da identidade paranaense são tema de outro roteiro que inclui a Praça 19 de Dezembro, Museu Alfredo Andersen, Memorial de Curitiba, Painel de Poty Lazzarotto na travessa Nestor de Castro e Casa João Turin. A mediação contempla símbolos e aspectos relacionados à formação do estado, pelo seu viés artístico, cultural e político.

Os roteiros duram entre 1h30 e 2h30, podendo ser adaptados para grupos de crianças. Além da equipe que atua no centro de Curitiba, a Coordenação de Ação Educativa mantém mediadores no Museu Municipal de Arte, no bairro Portão.

Confira os roteiros disponíveis:

Setor Histórico (Memorial de Curitiba, Bebedouro, Casa Romário Martins, Igreja da Ordem, Casa Hoffmann, Igreja do Rosário, Fonte da Memória, Palacete Wolff, Relógio das Flores e Sociedade Garibaldi).
Público alvo: crianças a partir de 4 anos (roteiro adaptado) e adultos (roteiro completo).
Número de visitantes: grupo de no máximo 30 crianças, tendo um responsável para cada 10 crianças. Grupo de adultos a combinar com o responsável no momento do agendamento.
Duração: Entre 1h a 2h30, dependendo do grupo atendido.

Solar do Barão (Museu da Fotografia, Museu da Gravura, Setor de Ação Educativa e Gibiteca).
Público alvo: a partir de 4 anos
Número de visitantes: grupo de no máximo 35 pessoas.
Duração: Entre 1h a 1h30, dependendo do grupo atendido.

Construção da Identidade Paranaense (Praça 19 de Dezembro, Museu Alfredo Andersen, Memorial de Curitiba, Painel do Poty Nestor de Castro e Casa João Turin).
Público alvo: adultos.
Número de visitantes: grupo de no máximo 30.
Duração: Entre 1h30 a 2h.

Painéis de Poty Lazzarotto (“1º Centenário de Emancipação Política do Paraná”, “Imagens da Cidade”, “A feira do Largo da Ordem”, “Tropeiro” e “O Teatro no Mundo”).
Público alvo: crianças a partir de 10 anos (roteiro adaptado) e adultos (roteiro completo).
Número de visitantes: grupo de no máximo 30 crianças, tendo um responsável para cada 10 crianças. Grupo de adultos a combinar com o responsável no momento do agendamento.
Duração: Entre 1h30 a 2h30, dependendo do grupo atendido.

Diversidade Religiosa (Árvore Gameleira, Catedral, Igreja da Ordem, MASac, Igreja Presbiteriana Independente, Igreja do Rosário, Templo Hare Krishna, Igreja Luterana, Ruínas e Mesquita).
Público alvo: crianças a partir de 10 anos (roteiro adaptado) e adultos (roteiro completo).
Número de visitantes: grupo de no máximo 30 crianças, tendo um responsável para cada 10 crianças. Grupo de adultos a combinar com o responsável no momento do agendamento.
Duração: Entre 1h a 1h30, dependendo do grupo atendido.

Museu Municipal de Arte (MuMA) – As mediações abordam grande variedade de discussões em arte e outras áreas, além da apresentação histórica do MuMA e do Portão Cultural, abordando suas relações com a cidade de Curitiba. A mediação conta com obras fixas que ocupam o espaço do patrimônio, incluindo painéis dos renomados artistas Franco Giglio, Poty Lazzarotto e Tomie Ohtake, bem como exposições itinerantes em três diferentes salas expositivas: Sala 1, Célia Neves Lazzarotto e Domício Pedroso. A visita também contempla o Centro de Arte Digital.

Confira aqui o vídeo com a visitada guiada aos painéis de Poty Lazzaroto localizados no centro histórico de Curitiba:
 

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

imprimir voltar