Notícias

31.08.2018Espaços da Fundação Cultural recebem exposições do Festival Sabra

O Memorial de Curitiba recebe neste sábado, a partir das 11h, a exposição O Passado é Outro País, de Gidi Gilam. A mostra, que ocupa o no Salão Brasil, tem curadoria de Marina Ramos e faz parte do festival de arte Sabra, que traz a Curitiba uma série de atividades artísticas ao longo dos meses de setembro, outubro e novembro. A exposição tem classificação livre e entrada franca, e fica em cartaz até 21 de outubro.
Nascido em Tel Aviv em 1977, Gidi Gilam vive e trabalha em Berlim. Possui formação em História e Filosofia pela Universidade de Tel Aviv e em Comunicação Visual pela Bezalel. Em 2006, foi premiado pela DAAD (Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico). Seu trabalho transita por diferentes mídias que expõem a complexidade envolvendo os meios de visão humana.
Outra mostra do Festival abre no dia 15 de setembro, no Muma. O Centro de Arte Digital recebe trabalhos de videoarte dos alemães Julia Wirsching e Gabriel Hensche, e dos curitibanos Gio Soifer e Maya Weishof
Julia e Gabriel apresentam o trabalho The Fourth Pole (2016) onde um quarto polo é gerado no Mar Morto como o ponto mais profundo da Terra. Já Gio Soifer dialoga com questões relacionadas a costumes do patriarcado judaico na obra Que não me fizeste mulher (2014) e Maya Weishof imagina novos territórios no vídeo Novo Atlas Escolar Português (2016). A mostra fica em cartaz até 02 de novembro com classificação 18 anos. A entrada é franca.

O Festival
Criado em 2018, o Sabra se propõe a colocar Israel no circuito da arte contemporânea de Curitiba. Conta com obras de arte das principais galerias de Israel e com a participação de curadores especializados. O Sabra apresenta também um setor voltado especialmente a performances, com artistas trazidos para Curitiba, pelo Consulado Geral de Israel de São Paulo.
O Festival nasce de um questionamento sobre a ligação entre a arte judaica e a israelense, separando o que de fato faz parte da identidade cultural israelense e o que é produzido para os turistas. A iniciativa contribui com a cooperação cultural entre o Brasil e Israel, que neste ano comemora 70 anos.

Serviço:  Exposição O passado é outro país – Gidi Gilam
Abertura: 1º de setembro de 2018, às 11h
Período expositivo: até 21 de outubro
Local: Salão Brasil – Memorial de Curitiba (Rua Dr. Claudino dos Santos 79)
Horário de visitação: 9h às 12h e 13h às 18h (3ª a 6ª feira) e 9h às 15h (sábado, domingo e feriado)
Classificação livre
Entrada franca

Exposição de Videoarte – Julia Wirsching e Gabriel Hensche, Gio Soifer e Maya Weishof
Período expositivo: de 15 de setembro a 02 de novembro de 2018
Local: Centro de Arte Digital/ MuMA – Museu Municipal de Arte (MuMA) – Avenida República Argentina, 3430 – Portão
Horário de visitação: de terça-feira a domingo, das 10h às 19h
Classificação: Maiores de 18 anos
Entrada Franca
 

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar