23.11.2010Ulisses Iarochinski lança livro sobre identidade dos descendentes de imigrantes da Polônia

O jornalista Ulisses Iarochinski lança nesta quarta-feira (24), às 19h30, no Centro Paranaense Feminino de Cultura, o livro “Polaco – Identidade Cultural do Brasileiro Descendente de Imigrantes da Polônia”. O livro é fruto da dissertação de mestrado em Ciências da Cultura Internacional, defendida com nota máxima na Universidade Iaguielônica, de Cracóvia, Polônia. O lançamento também integra as comemorações dos 92 anos da Independência da República da Polônia, 90 anos das Relações Diplomáticas entre o Brasil e a Polônia, 90 anos da criação do Consulado Geral em Curitiba.

Iarochinski partiu das provocações e agressões que sofreu nos lançamento de seu livro anterior “Saga dos Polacos” para iniciar as pesquisas, estudos e defesa de sua dissertação. A polêmica, quase centenária, em torno da palavra “polaco” é explicada no livro, com base em aspectos linguísticos, sociológicos, culturais e antropológicos. O autor explica porque o Brasil deixou de adotar o termo “polaco”, considerado depreciativo e preconceituoso, para se referir aos imigrantes da Polônia com o termo galicista “polonês”. Iarochinski buscou as origens do preconceito contra a adequada e correta tradução do gentílico “polak” (polaco).

A bolsa de estudos concedida pelo Ministério da Educação da Polônia foi a oportunidade para o autor concluir sua tese. Iarochinski fez dois anos de Cultura e Idioma Polaco, dois anos de mestrado em Ciências da Cultura Internacional e quatro anos de doutoramento em História, na sexta mais antiga universidade do mundo, a Iaguielônica de Cracóvia, mesma escola onde obtiveram grau de doutores Mikolaj Koperniko, Karol Wojtyla (Papa João Paulo II) e Wyslawa Szymborska (Prêmio Nobel de Literatura). A dissertação do mestrado foi defendida em novembro de 2008. Ulisses Iarochinski também está para defender, na mesma universidade, seu doutoramento em Gestão Cultural.

O autor - Ulisses Iarochinski é jornalista, ator, mestre e doutorando em Cultura Internacional. Neto do imigrante polaco Boles?aw Jarosi?ski, que chegou ao Brasil em 1911, procedente de Wojcieszków, na Voivodia (Estado) Lubelska, junto com seus pais Piotr e Anna, além dos irmãos Józef, Wiktoria e Marianna e da avó Paulina Hazelski.

Como jornalista trabalhou em diversos veículos de comunicação (rádio, TV, jornal, revista e Internet). Além da experiência como correspondente internacional, cobrindo desde Cracóvia, a morte e enterro do Papa João Paulo II; as visitas do Papa Bento XVI, na Alemanha e na Polônia; a Copa do Mundo de Futebol da Alemanha, para o jornal o “Estado de S. Paulo” e para a TV Bandeirantes. Teve passagem pela Rádio Nederland, como chefe da Seção Brasileira daquela emissora Internacional da Holanda. Na cobertura jornalística internacional esteve também nas Copas do Mundo de Futebol da França - 1998, Estados Unidos – 1994, Itália - 1990 e na Copa Mundial de Voleibol, realizada em 2007, em Katowice, na Polônia.

Antes de ir para a Polônia encontrar suas origens étnicas e estudar, lançou o livro “Saga dos Polacos – a História da Polônia e seus emigrantes no Brasil”, em 27 cidades brasileiras, onde a presença da etnia polaca é bastante significativa. Além disso produziu e dirigiu o filme documentário “Cruz Machado – Os polacos e o tifo”. Atualmente, Ulisses Iarochinski é presidente do Instituto Curitiba de Arte e Cultura.

 

Serviço:

Lançamento de “Polaco – Identidade Cultural do Brasileiro Descendente de Imigrantes da Polônia”, de Ulisses Iarochinski

Local: Centro Paranaense Feminino de Cultura – R. Visconde do Rio Branco, 1717

Data: 24 de novembro de 2010 (quarta-feira), às 19h30

Informações: 3232-8123

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Ulisses Iarochinski

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar