15.03.2013Profissionais da educação receberão ingressos para eventos culturais

Os 18 mil profissionais da rede municipal de ensino receberão um incentivo para frequentar mais os espaços e eventos culturais da cidade. A Prefeitura de Curitiba lançou na quinta-feira (14) o projeto EduCultura, promovido em parceria entre a Fundação Cultural de Curitiba e a Secretaria Municipal da Educação. Entre outras ações, o projeto prevê a distribuição de uma cota de ingressos dos espetáculos produzidos pela Fundação Cultural de Curitiba, ou por produtores parceiros, para educadores, professores, pedagogos, dirigentes escolares, apoios administrativos, secretários escolares e auxiliares de serviços escolares.

Na prática, essa ação significa envolver no processo cultural da cidade multiplicadores de conhecimento que diariamente então em contato com um público de 140 mil crianças, jovens e adultos. O lançamento do projeto foi feito no Teatro Paiol, dentro da programação que comemora os 320 anos de Curitiba.

Exibição de filmes, entradas em espaços gerenciados pela Fundação e distribuição de publicações, livros, CDs produzidos por meio de leis de incentivo da Fundação Cultural também são parte do projeto. Vagas em cursos dos ateliês do Museu da Gravura de Curitiba e da Gibiteca – localizados no Solar do Barão –, além daqueles realizados no Centro de Criatividade de Curitiba, Cinemateca e Conservatório de MPB serão outros benefícios assim como visitas guiadas. A programação prevê, ainda, a utilização do Auditório Antônio Carlos Kraide do Portão Cultural para a participação de grupos de estudo voltados à pesquisa em teatro e dança.

O projeto Educultura integra o novo Programa de Formação Continuada dos Profissionais da Educação Municipal. Outros dois projetos, o EduTecnologia e EduPesquisa estão em fase final de elaboração deverão ser lançados ao longo dos próximos meses, com foco em iniciativas cientificas e de inclusão digital.

Vinavuste

O lançamento do projeto contou com a participação de aproximadamente 200 profissionais da educação municipal. Além de conhecerem detalhes do projeto, apresentados pelo presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli, e pela secretária municipal da Educação, Roberlayne Borges Roballo, o público assistiu a estreia da peça "Chucrute e Abacaxi com Vinavuste", encenada pelo grupo Camelo, a partir da obra do dramaturgo parananese Paulo Vítola.

O EduCultura permitirá ampliar o repertório cultural dos profissionais da educação, mas também investir na qualidade de vida do grupo. “É uma forma de devolvermos um pouco de cuidado e valorizaçãoaos profissionais que no seu dia a dia cuidam brilhantemente das crianças que estão nas escolas municipais da cidade”, disse o presidente da Fundação Cultural, Marcos Cordiolli.

O caráter do projeto, explica Marcos Cordiolli, não é pedagógico, mas uma ação que garantirá colocar ao alcance dos professores e educadores uma série de atividades que contribua para o seu aprimoramento cultural. “Nosso objetivo é tornar esses profissionais consumidores de cultura. Além de ganho na qualidade de vida do profissional da educação, teremos a conquista de novas plateias”, disse Cordiolli.

Para a secretária municipal da Educação, Roberlayne Borges Roballo, uma das principais metas do projeto é oferecer condições para releituras e diferentes interpretações de mundo, extrapolando os muros da escola. A secretária ressaltou a importância do trabalho articulado entre cultura e educação na formação dos profissionais do magistério. O comparecimento nos eventos resultará em certificação para os profissionais, que poderão utilizá-la para o crescimento no quadro próprio da carreira.

Também são parceiros na realização do projeto a Livrarias Curitiba, que estenderá aos profissionais da educação a participação em eventos literários promovidos pelo grupo e o Centro de Capacitação Guido Viaro, que abrirá uma capacitação específica em cursos de artes para os professores da rede, dentro de uma semana pedagógica própria para o grupo.

Cidadania

A promoção na formação cultural dos profissionais da educação na rede municipal de ensino contribui para o enriquecimento das atividades em sala de aula, incentivando que crianças, jovens e adultos exerçam plenamente sua cidadania. Com o EduCultura, a Fundação Cultural de Curitiba ampliará a fruição das linguagens artísticas presentes em seus espaços, além de promover parcerias com outras instituições culturais.

A interação entre o projeto e todos os profissionais da rede municipal de ensino será feita por meio do portal Cidade do Conhecimento, no link Blog EduCultura. Nesse espaço estarão disponíveis as atrações oferecidas, além de permitir as inscrições nos eventos. Ao acessar e preencher a ficha de inscrição na promoção de seu interesse, o servidor terá direito ao seu ingresso e a outro para um acompanhante.

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação Social

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar