16.03.2017Pixinguinha, mestre do choro, será homenageado neste fim de semana

Pixinguinha na Capela é a homenagem da Orquestra à Base de Sopro (OABS) ao mestre do choro Pixinguinha, que completaria 120 anos no dia 23 de abril. A apresentação será nesta sexta-feira (17/03), às 20h, e neste sábado (18/03), às 18h30, na Capela Santa Maria, no Centro.

Segundo o diretor da orquestra, Sérgio Albach, o projeto Pixinguinha na Capela foi inspirado na pesquisa do Instituto Moreira Salles, que guarda o acervo pessoal do compositor. "O instituto compilou os arranjos. No ano passado, escolhemos 13 arranjos da caixa Pixinguinha na Pauta e para este ano selecionamos composições da caixa Pixinguinha Outras Pautas", diz Albach.

Instrumentista, arranjador e compositor, Pixinguinha foi autor dos clássicos Lamentos, Vou Vivendo, Um a Zero e Carinhoso, composição de 1916, mas que só em 1926 ganhou a letra escrita por Braguinha e que ficou imortalizada na voz de Orlando Silva.

No repertório, além das composições de Pixinguinha, a Orquestra à Base de Sopro vai apresentar músicas de Mário Álvares, conhecido como Mário Cavaquinho, professor de Pixinguinha. "O primeiro instrumento de Pixinguinha foi um cavaquinho", conta Albach.

O show terá ainda músicas de Sinhô, Benedito Lacerda, Anacleto Medeiros, Cândido Pereira da Silva, o Candinho do Trombone. "Quem for à Capela Santa Maria para este espetáculo vai ouvir outros ritmos como polca, maxixe e ragtime", adianta Albach.

Temporada de chorinhos

O projeto Pixinguinha na Capela abre a temporada de choros na Praça Jacob do Bandolim, realizada aos sábados, ao meio-dia, e que começará com a Orquestra à Base de Corda, em abril.

A Orquestra à Base de Sopro de Curitiba foi formada em 1988 e tem cinco lançamentos fonográficos. O primeiro registro em CD é composto por obras do maestro Waltel Branco. Em seguida, a orquestra lançou um DVD com Arrigo Barnabé gravado ao vivo, com a obra encomendada A Metamorfose e uma nova roupagem para as músicas do disco histórico Clara Crocodilo.

Em 2012 foram dois lançamentos: um DVD/CD no Teatro do Ibirapuera, com André Mehmari, e outro no Teatro do Paiol, com obras de músicos que fazem parte da história da orquestra, intitulado Nossos Compositores.

O quinto lançamento é um CD gravado em Curitiba com um convidado italiano, o clarinetista Gabriele Mirabassi. Este CD foi gravado ao vivo no Teatro do Museu Oscar Niemeyer (MON), em dezembro de 2009, e produzido pelo grande selo italiano Egea.

A Orquestra à Base de Sopro é formada por 17 músicos e considerada um dos principais grupos de música brasileira do país.

 

Clarone: Sérgio Albach (Direção Artísitica)

Flauta Transversal e Piccolo: Sebastião Interlandi Jr
Flauta Transversal: Claiton Rodrigues
Clarinetes: Jacson Vieira, Otávio Augusto
Sax Alto, Sax Tenor, Sax Sopranino: Gabriel Schwartz (Assistente de Direção)
Sax Alto, Clarinete: Victor Gabriel Castro
Sax Tenor: Sérgio Freire
Trompetes: Ozeias Veiga Costa, Douglas Chiullo Silva
Trombones: Alexandre Santos, Sérgio Roberto Coelho
Piano: Davi Sartori
Guitarra e Violão: Mário Conde
Baixo: Marsal Nogueira Pinto
Bateria: Graciliano Zambonin
Percussão: Iê dos Santos

 

Serviço: Pixinguinha na Capela

Data: sexta-feira (17/03), às 20 horas, e sábado (18/03), às 18h30

Local: Espaço Cultural Capela Santa Maria (Rua Conselheiro Laurindo, 273, Centro)

Ingressos: R$ 30 e R$ 15

 

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar