18.01.2019"Esse evento é de uma força e coragem gigantes", diz Maria Rita

Acompanhada da Orquestra à Base de Sopro, com direção artística do clarinetista Sérgio Albach, a cantora Maria Rita fez show no Teatro Guaíra na noite desta quinta-feira (17/1). Ela interpretou vários sucessos da carreira do cantor e compositor Milton Nascimento, entre eles A Festa, Bola de Meia Bola de Gude e Maria Maria.

Maria Rita elogiou a Oficina de Música e a orquestra curitibana. “É um sonho poder cantar repertório de Milton Nascimento acompanhada pela Orquestra à Base de Sopro. Cantar na 36ª edição da Oficina de Música foi um presente incrível. Que a cidade continue promovendo e incentivando a música. Esse evento é de uma força, de uma coragem, de um tamanho imenso, gigante. Agradeço imensamente o convite, a confiança”, disse a cantora.

Sérgio Albach falou da emoção de dividir o palco com uma das maiores intérpretes brasileiras. “Esses encontros para a Orquestra à Base de Sopro são fundamentais e a Maria Rita é uma das maiores cantoras de todos os tempos. Não há palavras para descrever esta emoção. Agradeço à organização da Oficina de Música e à Prefeitura de Curitiba.”

Na abertura do show, a Orquestra à Base de Sopro interpretou Cores do Leme, composição de Waltel Branco, em homenagem ao maestro, compositor e arranjador, que morreu aos 89 anos, em dezembro passado. “Um instrumentista, um músico excepcional, uma figura esplêndida da nossa história, da história do mundo. Waltel estará para sempre junto de todos nós, através da sua música”, disse Albach.

A presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina de Castro, comemorou a apresentação. “Uma belíssima parceria da Orquestra à Base de Sopro e Maria Rita nesta justa homenagem ao compositor Milton Nascimento. Um show que vai ficar na história da Oficina de Música.”

Muitos ritmos
Cleide Aparecida Barbosa veio de Fernandópolis (SP). “Estou em Curitiba há 11 dias e ganhei esse presente do meu filho e da minha nora. Maria Rita é espetacular”, disse. Esta é a primeira vez que Cleide e o marido vêm a Curitiba. “A cidade é maravilhosa em todos os sentidos. Estou apaixonada, vou voltar.”

A professora universitária Ana Carolina de Araújo Silva estava encantada com o show. “A Orquestra trabalhou o repertório com arranjos muito diferentes de músicas que a gente já conhece faz tempo”, elogiou a professora.
O engenheiro Felippe Chaddad Jr. acompanha a Oficina de Música todo ano. “São dez dias nos quais se concentram o jazz, a música clássica, erudita e popular. Uma oportunidade para todos conhecerem a música”, avalia.

Os concertos e shows da Oficina de Música, que começou em 16 de janeiro, continuam por toda a cidade o dia 27. São dez dias de muita música e entretenimento, desde opções gratuitas a preços promocionais.

Ingressos
Os ingressos para os shows e concertos da 36ª Oficina de Música de Curitiba podem ser adquiridos pelos serviços on-line Disk Ingresso (www.diskingresso.com.br) e Alô Ingresso (www.aloingresso.com.br).

Para concertos e shows na Capela Santa Maria, no Teatro do Paiol e no Teatro da Reitoria, os ingressos podem ser comprados pelo Alô Ingressos e para o Teatro Guaíra e no Guairinha, pelo Disk Ingressos. Já para shows no Teatro da Caixa, a compra do ingresso é feita diretamente na bilheteria.
A programação completa da 36ª Oficina de Música de Curitiba está no site www.oficinademusica.org.br

 

Autor: Assessoria de Imprensa Oficina

Fonte: Oficina de Música

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar