17.05.2017Conselho Municipal do Patrimônio Cultural é empossado

 O prefeito Rafael Greca e o presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcelo Cattani, empossaram na tarde desta quarta-feira (17/5) os integrantes do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural de Curitiba. A cerimônia aconteceu na Casa da Memória, no São Francisco.

Criado pela Lei Municipal 14.794/2016, que dispõe sobre a proteção do patrimônio cultural da cidade, o conselho vai analisar processos de Unidades de Interesse de Preservação e facilitar a obtenção de recursos para projetos de preservação.

“A cidade vai poder registrar em Livro Tombo os seus prédios mais importantes e, com isso, conseguir recursos dos orçamentos municipal, estadual e federal para a preservação da nossa herança cultural”, disse o prefeito.

Para Cattani, que também ocupa a presidência do conselho, a sua instalação é um passo importante para a cidade. Hoje são mais de 600 avaliações pendentes de Unidades de Interesse de Preservação. “Há um ambiente muito favorável e uma união bastante forte da gestão, com a Secretaria de Urbanismo, Fundação Cultural e o Ippuc, para que Curitiba não perca mais tempo e nem a sua identidade”, reforçou. “É uma grande conquista essa lei e o início dos trabalhos deste conselho.”

Durante a abertura, Greca destacou que é preciso ter uma visão de que as sucessivas gerações devem transmitir a memória do que a cidade um dia foi. Aos conselheiros, indicou que para a preservação é fundamental que os patrimônios tenham uso.

O presidente do Ippuc, vice-presidente do Conselho Municipal, Reginaldo Reinert, revelou, ainda, que a cidade não pode olhar apenas para o passado. “O presente está em eterna construção e amanhã será patrimônio também”, disse ele.

Novos paradigmas

Ana Marcia Gonzalez, representante titular da Secretaria Municipal do Urbanismo no conselho, afirmou que a lei e a nova equipe são fundamentais para garantir uma proteção efetiva para a cidade. “Nós vínhamos sentindo que seria necessária uma proteção legal e agora podemos trabalhar juntos em prol do patrimônio.”

Já o representante da sociedade civil, Denilton Laurindo, comemorou o início dos trabalhos, que podem possibilitar novas visões a respeito da cultura da cidade. “Há ainda uma cultura sob o prisma eurocêntrico e o conselho vai possibilitar um olhar mais sistemático na construção do patrimônio da cidade”, comemorou.

Integrantes do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural:
Presidente: Marcelo Cattani (Fundação Cultural de Curitiba)
Vice-presidente: Reginaldo Luiz Reinert (Ippuc)

Secretaria Municipal do Urbanismo
Titular: Ana Marcia Souza de Matos Gonzalez
Suplente: Jussimara do Nascimento Campelo

Fundação Cultural de Curitiba
Titular: Marcelo Saldanha Sutil
Suplente: Marili Azim

Ippuc
Titular: Miguel Antonio Leoni Gaissler
Suplente: Ariel Stelle

Secretaria Municipal do Meio Ambiente
Titular: Loreley Motter Kikuti
Suplente: Tarquino Luis Tupy Caldas Silveira da Mota

Procuradoria Geral do Município
Titular: Camila Juliana Francisco Caneparo
Suplente: Luis Miguel de Carcova Gutierrez

Secretaria Municipal de Planejamento e Administração
Titular: Noeli Regina Bello da Silva
Suplente: Ana Teresa Eisfeld Sacchelli

Instituto Municipal de Turismo
Titular: Dalci Sontag Junior
Suplente: Carla Mannich

Representantes do Poder Legislativo
Titular: Julieta Reis
Suplente: Leonidas Edson Kuzma (Tico Kuzma)

Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU)
Titular: Irã José Taborda Dudeque
Suplente: Carlos Domingos Nigro

Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)
Titular: Mathieu Bertrand Struck
Suplente: Fabio André Chedid Silvestre

Representantes das instituições de educação superior de Curitiba
Titular: Elisabeth Amorim de Castro
Suplente: Maria da Graça Rodrigues Santos
Titular: Cleusa de Castro
Suplente: Viviane Maria de Zeni

Representantes da sociedade civil
Titular: Paulo Cezar Pereira
Suplente: Lícia Jany Frifitoli
Titular: Denilton Laurindo
Suplente: Rodrigo Angelo Dadalti

Autor: Comunicação Social

Fonte: Fundação Cultural

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar